Anuncia

Cada vez mais, percebemos que as pessoas não lêem anúncios mas aquilo que lhes interessa. 

 

A Coolectiva procura associar-se a marcas que queiram comunicar nas nossas plataformas, desde que, em conjunto, se produzam conteúdos apelativos para os leitores. Assim, propomos que a produção de conteúdos com os nossos parceiros seja feita pela via da criação de conteúdos editoriais que vão de encontro aos interesses dos nossos leitores.

Parceiros e anunciantes

A Coolectiva procurará trabalhar com parceiros com quem se possa desenvolver uma estratégia a médio-prazo ou com parceiros que pretendam investir pontualmente na comunicação de um produto ou de um serviço.

A Coolectiva apresenta vários formatos comerciais:

Publicidade: corresponde ao conteúdo mais tradicional, fixo e automaticamente identificado como publicidade redigida ou publicidade gráfica;

Conteúdo trazido por: nos casos em que o conteúdo publicitário, desenvolvido sem responsabilidade editorial da Coolectiva, possa ser confundido com textos jornalísticos, terá a indicação “Conteúdo trazido por” (com a identificação explícita do nome da entidade interessada ou do bem ou serviço promovidos), “Publicidade” ou as letras “PUB”;

Native ad: consiste na comunicação de um anúncio nativo, ou seja, a publicação de um texto, acompanhado de imagens e outros elementos gráficos, destinado a promover ou publicitar uma determinada marca, produto, entidade ou serviço. Neste formato de produção de conteúdo, a Coolectiva tem menor margem criativa e segue as orientações dadas pelo seu parceiro. Os native ads são identificados com a indicação “native ad”.

Exemplo: se uma cadeia de hotéis tem uma promoção em vigor, a Coolectiva poderia desenvolver conteúdo que realce as comodidades do alojamento, os serviços disponíveis, etc.

Conteúdo patrocinado por: esta designação abrange os conteúdos editorialmente independentes, cujos patrocínios vão ao encontro da linha editorial prevista. Nestas situações, a equipa Coolectiva recebe orientações do anunciante em relação a uma campanha, um produto, um serviço ou uma marca, e procurará criar um conteúdo interessante para o leitor, mais criativo, sem um foco direto na marca ou no produto mas passando, ao mesmo tempo, a mensagem que a marca pretende fazer chegar aos clientes. São artigos quase sempre mais criativos e menos focados nas características do produto.

Exemplo: se uma cadeia de hotéis tem uma promoção em vigor, a Coolectiva poderia sugerir a criação de um roteiro turístico para uma determinada zona que seria patrocinado por essa cadeia de hotéis.

Apoios: esta expressão designa todos os mecenas que apoiam o projecto editorial gratuito da Coolectiva e que permitem a produção de conteúdos independentes.

Mais informações: geral@coolectiva.pt