Mercearia Dom Lindão: dos produtos frescos aos vegan e seguros para celíacos

O Bairro Norton de Matos, em Coimbra, e a comerciante Joana Pestana, têm uma história com nascimentos. Primeiro o seu, afinal foi ali que cresceu, e agora o da marca que criou em conjunto com o marido, Renato Lindão.

Depois de anos a perceber que fazia falta na zona uma mercearia com produtos frescos e de qualidade, o casal abriu a Mercearia Dom Lindão, na zona central do bairro e com porta para a rua.

Natural da Lousã, Renato Lindão mudou-se para Coimbra quando casou e confessa que, apesar de ser novo no ramo, mais do que do negócio gosta muito do contacto com os clientes. Sobretudo os mais idosos, alguns já clientes habituais da mercearia.

Joana Pestana garante que, desde o arranque, a aposta tem sido na qualidade, mesmo que isso por vezes significa preços mais altos, e a mais recente novidade são os produtos seguros para doentes celíacos. 

Não sendo enorme, o espaço da mercearia é aconchegante e a opção por mobiliário de madeira e móveis antigos recuperados, não é por acaso. A Mercearia Dom Lindão é sensível às questões da sustentabilidade e evita o uso de plásticos.

As estantes de madeira estão preenchidas com uma grande variedade de produtos, desde queijos de cabra e da Serra da Estrela, leite, bebidas vegetais e massas, aos vinhos de diferentes regiões do país, mel da Serra da Lousã, conservas como feijão, tremoços caseiros e produtos de higiene e de limpeza.

Há também fruta e verdura fresca, desde tomates, pepinos, banana, laranja, pera, batata, cenoura, couve, abacaxi e cogumelos, a marmelos e outros frutos de produtores locais e, por isso, sazonais. Se passarem lá por estes dias, há castanhas e abóboras bem bonitas na montra.

A loja também vende pão da zona, feito em forno de lenha, além de broa da Casa da Broa (que fica na baixa de Coimbra), pão d`água, pão bico, de centeio e azeitonas da Serra do Sicó.

Uma dos características que marcam a diferença desta mercearia local é a venda de produtos da marca Bonna. Certificada pela Associação Portuguesa de Celíacos, a marca chega a Coimbra pela Mercearia Dom Lindão, que a representa em exclusividade na cidade. Assegura que os produtos são feitos com total segurança, sem o menor risco de contaminação cruzada, assumem-se como uma escolha segura para as muitas pessoas que padecem da doença celíaca.

Segundo a Associação Portuguesa de Celíacos, existem em Portugal entre 10 e 15 mil celíacos, ou seja, alérgicos ao glúten. Estima-se que a intolerância, um grau diferente da doença que também leva muitas pessoas a optar por uma dieta sem glúten, afete entre 70 e 100 mil pessoas em todo o país.

Aqui todas estas pessoas são bem-vindas, com a marca Bonna as opções são inúmeras: salgados congelados (bases para pizzas, coxinhas de camarão, rissóis de carne, rissóis de leitão), folhados doces (croissant, napolitanas recheadas, palmiers e trança de mirtilos), folhados salgados (atum, frango, fiambre e queijo, peito de peru e queijo), pães (baguetes, bijou. Bijou com alfarroba e bijou com sementes), pastelaria (bola de Berlim, brownie, cupcake, donuts e pastel de nata).

Joana está contente com a representação da marca. Até quem não mora no bairro procura estes produtos, atira. A mercearia faz entrega ao domicílio e se for na vizinhança não tem custos. Para outras zonas da cidade, a entrega também é gratuita em compras iguais ou superiores a 25€. Podem encomendar por Whatsapp, através do n.º 933 130 886 ou pelo Facebook. A mercearia, fica no n.º 30 Rua Mouzinho de Albuquerque,  está aberta todos os dias das 9h às 3h e das 15h às 19h. Aos sábados só abrem de manhã e aos domingos das 10h às 13h. No mundo do Instagram vivem aqui.

Texto: Fernanda Paçó
Fotos: Filipa Queiroz

*A Autora escreve com o Novo Acordo Ortográfico

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.