COIMBRA NO MUNDO | Valência, Espanha

Olá! Sou a Nadia, uma cidadã do mundo que já viveu em 5 cidades, 3 países e 2 continentes e que leva 43 países como viajante, com origens em Coimbra.

Já lá vão 9 anos que resolvi sair de Portugal. Foi através da Primark, empresa para a qual trabalhava na altura. Precisavam de uma pessoa para liderar o novo projecto em França e lá fui eu: Marseille, Lyon, Paris. Até que chega uma proposta de Espanha, e nada melhor que umas tapas! Aí fui eu para Barcelona. Depois de 3 anos por lá, recebi uma proposta para Angola! Para que saibam, eu sempre dizia Em África a trabalhar?! NUNCA. Mas...aí fui eu para Angola! E só posso dizer que adorei. Lá tinha amigos de Coimbra de longa data e parecia estar em Portugal, mas com um bocadinho mais de calor. O projecto acabou e voltei para a minha segunda, que agora é a primeira, casa: Espanha.

Desta vez vim para Valência. Aqui estou há 3 anos. Uma cidade simpática com boa qualidade de vida, que já identifico como mi hogar, como dizemos em Espanha.

Todas as experiências de vida foram importantes e cada uma teve os seus prós e contras, mas Espanha realmente é onde me sinto mais em casa.

Não sou a típica emigrante que vai a Portugal de férias em Agosto. Até vou poucas vezes a casa.

Coimbra é a minha cidade berço, mas ficou um pouco parada no tempo.

Quando vou a Coimbra tenho os meus hábitos que nunca falham. Tomar o pequeno-almoço e café no Moinho Velho. Ir comer uma sapateira. Ir a Tentúgal aos meus pastéis de Tentúgal. E acima de tudo, médicos? Só em Coimbra. 9 anos fora e faço tudo em Coimbra. Só eles para me aturarem, sou um pouco hipocondríaca.

Não tenho pensado voltar a Coimbra ou a Portugal, mas nunca sabemos. Portugal tem muito boa qualidade de vida, mas para os estrangeiros. Os ordenados são baixos e a vida é igual à aqui em Espanha ou até, em algumas coisas, é mais cara e aqui os ordenados são bastante melhores.

Saudade, essa palavra tão nossa que não tem uma tradução literária em mais nenhuma língua, tenho de algumas coisas, mas não do conjunto.

Uma das coisas de que mais sinto saudades é da vida social, das festas que tinha quando vivia em Portugal. Damos 10 a 0 a Espanha e outros países no que toca a festas. Somos realmente um país anfitrião e com muita qualidade de serviço, tanto de vida nocturna como de restauração e hotelaria.

Portugal, Coimbra, até já — curiosamente vou aí em breve.

Nádia Fernandes

Mais COIMBRA NO MUNDO:

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Pedro Fernando Gomes Pires
18.10.2021

Bom dia! Os meus parabéns pela vossa publicação, a qual Adoro e é para mim uma referência do que de bom se faz e existe em Coimbra!! Uma lufada de criatividade e bom gosto. Leio assiduamente a newsletter e acho um piadão aos que são de Coimbra e andam lá por fora. Invariavelmente profissionais de topo a quem esta cidade não conseguiu dar trabalho… é o caso da minha irmã Rita, Economista da FEUC e há alguns anos radicada em Bruxelas, no Conselho Europeu. Deixo o email dela na esperança que a possam incluir num futuro relato de ‘Coimbra no Mundo’ !!

ritasofia.gomespires@consilium.europa.eu

Continuem o Bom Trabalho! Sou fã e ando a fazer o boca-a-boca 🙂 . Acho até que podiam ser uma rádio! (ao estilo Rádio Nova FM do Porto ;-))

Felicidades, Pedro Pires

    18.10.2021

    Olá, Pedro. Obrigada pelas palavras de elogio e pela sugestão que vamos aceitar e contactar para participar na nossa rubrica. 🙂
    Equipa Coolectiva