Robôs que querem pôr as crianças a pensar por si

Para quem vive a pesquisar opções de lazer para crianças, deparar-se com um novo empreendimento voltado ao público infantil, no centro da cidade, é oportunidade a não desperdiçar. Tanto que fomos espreitar a novidade antes mesmo de abrir oficialmente ao público! O motivo era nobre: dar boas-vindas aos recém-chegados e, claro, descobrir o que há dentro daquele prédio cujas personagens coloridas na montra despertam a curiosidade de quem passa.

Descobrimos tratar-se da primeira unidade em Portugal da franquia norte-americana Robothink, dedicada a programas STEM de robótica e programação para crianças e adolescentes. STEM é a sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática, cuja ideia original é unir conhecimentos dessas quatro áreas em torno da construção de algo, por meio de desafios propostos para estimular a aprendizagem criativa. 

Quem nos explicou entusiasticamente o projecto foi Dulce Carpinteiro. Dulce e o marido, Rogério Carvalhinho, decidiram trazer o projecto para Portugal. Começaram por Coimbra, movidos pelos laços sentimentais com a cidade onde ele nasceu e na qual vivem, mas a pretensão do casal é expandi-lo pelo país.

De acordo com Dulce, que tem formação na área da educação infantil, o espaço permite a construção de robôs, programação, brincadeiras e videojogos e tem como principais norteadores o estímulo à autoestima das crianças e a utilização dos conhecimentos adquiridos na vida prática: cansei de ver nas crianças a sensação de estarem saturadas por não perceberem a utilidade prática daquilo que aprendem, conta Dulce, enfatizando que aqui os miúdos são desafiados a resolver problemas pela sua cabeça.

De facto, não falta a prática neste sítio. Em questão de minutos, as crianças começam, intuitivamente, a manipular robôs que jogam futebol, a brincar com protótipos dispostos em kits montáveis sobre a mesa e, de seguida, a arriscam-se num jogo de computador similar aos que são desenvolvidos em algumas das actividades planeadas para o local.

O espaço funciona em diferentes formatos: semanalmente, no sistema after school; em workshops; festas de aniversário e campos de férias (já previstos para Agosto, de 02 a 06 e de 09 a 13).

Quem quiser conhecer o espaço, pode inscrever-se para as sessões Open Day que decorrem entre 22 e 29 de Julho. É necessária inscrição prévia por e-mail ou telefone. A Robothink fica no n.º 53 da Rua Dr. Paulo Quintela.

Texto e fotos: Andréia Paiva

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.