Há um novo Encontro Literário Internacional na Cidade

E se durante quatro dias pudessem conhecer escritores, ouvir leituras no Convento e Grémio Operário ou participar em conversas sobre literatura?

De 26 a 29 de Maio, Coimbra organiza a primeira edição do Encontro Literário Cidades Invisíveis.  A iniciativa anual da Câmara Municipal de Coimbra quer recuperar a relação histórica da cidade com a literatura com eventos espalhados por todo o concelho.

O encontro pertence ao programa da candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura em 2027 e vai preencher a cidade de actividades.

A Casa-Museu Miguel Torga, a Quinta das Lágrimas, a Alta de Coimbra, o Convento de São Francisco e a Casa da Escrita são alguns dos locais que recebem leitores, escritores portugueses e não só.

Ver as cidades invisíveis

A cidade não conta o seu passado, contém-no como as linhas da mão. A frase é de Italino Calvino e serve de mote ao encontro literário para estreitar as relações de Coimbra com outras cidades usando a literatura como elo.

Todos os anos o encontro terá uma cidade convidada. Nesta edição, a escolhida é Santiago de Compostela, representada em Coimbra pelos escritores galegos Cesáreo Sánchez Iglesias, presidente da Associação Galega de Escritores, Elias Torres Feijó, Susana Sánchez Arins, Teresa Moure e Carlos Quiroga.

A presença do escritor Carlos Quiroga vai prolongar-se: o escritor além da participação no encontro, fará uma residência literária na Casa da Escrita.

De Portugal, Coimbra recebe os escritores Francisco Duarte Mangas, José Manuel Mendes, Marlene Ferraz, Vasco Pereira da Costa, Viale Moutinho e, ainda, Teolinda Gersão.

Medalha de Mérito Cultural

A iniciativa conta também com um momento de homenagem, a autarquia vai atribuir a Medalha de Mérito Cultural Grau Ouro à escritora Teolinda Gersão.

Teolinda Gersão nasceu em Coimbra, em 1940, e é considerada uma das maiores escritoras da actualidade. Conta com 19 livros publicados, é dona de uma obra de romances e contos conhecida internacionalmente. Está publicada em mais de 20 países e já recebeu inúmeros prémios, dos quais se destaca o  Prémio Fernando Namora e o Prémio Literário Vergílio Ferreira.

Estudou em Coimbra, Tübingen e Berlim, foi docente em Lisboa e Berlim. Fez uma residência literária na Universidade de Berkeley e agora regressa à cidade natal para ser agraciada pelo seu trabalho.

Programa

26 de Maio

15h00 - Antiga Igreja do Convento São Francisco
Sessão de Abertura.

15h30 - Antiga Igreja do Convento São Francisco
Conferência Solitário andar por entre a gente (de Sá de Miranda a Miguel Torga), por José Augusto Cardoso Bernardes.

16h00- Antiga Igreja do Convento São Francisco
Mesa-redonda: Escrever na cidade, com Vasco Pereira da Costa, Carlos Quiroga, Teresa Moure. Moderador: Elias Torres Feijó.

17h30- Antiga Igreja do Convento São Francisco
Leituras no Convento.

18h00 - Convento São Francisco
Visita à exposição O Livro Transformado.

27 de Maio

10h00 - Casa-Museu Miguel Torga
Visita à exposição Diário de um Orfeu Rebelde. 80 anos da publicação do 1.º volume do Diário de Miguel Torga.

11h30 - Quinta das Lágrimas
Instalação literária A propósito de Pedro e Inês: Reminiscências da Luz, texto de Cristina Robalo Cordeiro, fotografias de Bruno Sacadura.

14h30 - Quinta das Lágrimas
Mesa-redonda: Uma Associação de Escritores: solidários / solitários?, com José Manuel Mendes, Cesáreo Sánchez Iglesias e Francisco Duarte Mangas. Moderação: António Pedro Pita.

16h00 - Quinta das Lágrimas
Conversa com a escritora Teolinda Gersão – Quarenta Anos de Carreira

18h00 - Paços do Município 
Homenagem a Teolinda Gersão.

28 de Maio

14h30 - Convento São Francisco
- Mesa-redonda de escritores I: A escrita em tempo de epidemia. Marlene Ferraz, Carlos Quiroga, Viale Moutinho. Moderação: Cristina Robalo Cordeiro.
- Mesa-redonda de escritores II: A máquina de escrever. Susana Arins, Francisco Duarte Mangas, Elias Torres Feijó. Moderação: Fernando Madaíl.

18h30 - Casa da Escrita
Ocupações literárias e Poetry Slam (SESLA-Associação Académica de Coimbra).

29 de Maio

10h30 - Alta de Coimbra
Percurso Re-habitar (roteiro de escritores, pela Cooperativa Bonifrates).

11h30 - Grémio Operário
Leituras e Sessão de Encerramento.

Artigo Patrocinado
Fotos: Câmara Municipal de Coimbra, Anna Auza, Unsplash e Teolinda Gersão

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.