Esta formação sobre Igualdade de Género é gratuita e certificada e está com inscrições abertas

Acabar com a discriminação contra todas as mulheres e meninas no mundo e todas as formas de violência, eliminar os casamentos prematuros e forçados e reconhecer e valorizar o trabalho de assistência e doméstico não remunerado são alguns dos objectivos das Nações Unidas para a Igualdade de Género no nosso tempo. A igualdade entre mulheres e homens não é só uma coisa de que ouvimos falar no Dia da Mulher, é uma questão de direitos humanos, uma condição de justiça social e um requisito fundamental para a igualdade, o desenvolvimento e a paz. É também o tema de uma formação gratuita de 72h, com direito a subsídio de alimentação, material de apoio e certificado reconhecido durante os meses de Abril e Maio.

As rotas do(s) feminismo(s) em Portugal, orientações estruturantes para a igualdade de género, mecanismos nacionais e internacionais para a sua promoção e responsabilidade social das organizações da sociedade civil para a sua concretização, são algumas das matérias abordadas na Formação de Formadores em Especialização em Igualdade de Género, da Akto.

Em regime online síncrono, a igualdade de género vai ser abordada desde a dimensão pessoal e familiar até à violência de género, saúde e direitos sexuais e reprodutivos, como podem ver no programa disponível online no site da organização.

A Akto – Direitos Humanos e Democracia é uma associação sem fins lucrativos e não governamental para o Desenvolvimento, com sede em Coimbra. A equipa, jovem e multidisciplinar, partilha valores como a humanidade, colaboração, transparência e accountability, ambição e criatividade. Vale a pena descobrir a importante campanha Vidas à Venda, sobre o Tráfico de Seres Humanos. Neste momento, a associação está a levar a cabo esta e outra acção de formação inseridas no projecto de Formação de Públicos Estratégicos 2021 – Região Centro, do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, cofinanciado pelo Fundo Social Europeu. A primeira, já com inscrições encerradas, foi de Agentes Qualificados que atuem no domínio da Prevenção, Sensibilização e Combate ao Tráfico de Seres Humanos e no Apoio às suas Vítimas. 

Em regime online síncrono, a igualdade de género vai ser abordada desde a dimensão pessoal e familiar até à violência de género, saúde e direitos sexuais e reprodutivos, como podem ver no programa disponível online no site da organização.

A Akto – Direitos Humanos e Democracia é uma associação sem fins lucrativos e não governamental para o Desenvolvimento, com sede em Coimbra. A equipa, jovem e multidisciplinar, partilha valores como a humanidade, colaboração, transparência e accountability, ambição e criatividade. Vale a pena descobrir a importante campanha Vidas à Venda, sobre o Tráfico de Seres Humanos. Neste momento, a associação está a levar a cabo esta e outra acção de formação inseridas no projecto de Formação de Públicos Estratégicos 2021 – Região Centro, do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, cofinanciado pelo Fundo Social Europeu. A primeira, já com inscrições encerradas, foi de Agentes Qualificados que atuem no domínio da Prevenção, Sensibilização e Combate ao Tráfico de Seres Humanos e no Apoio às suas Vítimas. 

Formadoras

As inscrições para a Formação de Formadores em Especialização em Igualdade de Género será dada por Ana Parada Costa, que há 14 anos exerce funções de técnica superior e coordenadora de projectos nacionais e internacionais nas áreas de igualdade de género e cidadania, é juíza social no Tribunal de Família e Menores da Comarca de Coimbra e membro de várias organizações não governamentais de direitos das mulheres. Também Sandra Silvestre, animadora comunitária, activista social e coordenadora de projectos socioeducativos, formadora e consultora na área de economia social e solidária.

Texto: Filipa Queiroz
Foto: Dainis Graveris/Unsplash, John Schnobrich/Unsplash 

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.