Coimbra não pode ir ver o fogo mas ele vai a toda a cidade no dia 31

À semelhança do que aconteceu no Verão, nas Festas da Cidade, a Câmara Municipal de Coimbra decidiu não se render perante a pandemia e oferecer à comunidade uma programação de Fim de Ano, compatível com as medidas de contenção.

Sendo Coimbra cidade candidata a Capital Europeia da Cultura isso dá-nos uma outra responsabilidade e temos sido pioneiros, inovadores, criativos e resilientes, diz Carina Gomes, Vereadora da Câmara Municipal de Coimbra com as áreas da Cultura, Turismo, Juventude, Espaços Culturais Municipais, Bibliotecas, Arquivos e Museus.

Com recolher obrigatório a partir das 23h e a recomendação de que a noite de Fim de Ano seja passada na segurança das nossas casas, evitando os habituais aglomerados das celebrações na via pública, à meia-noite do dia 1 de Janeiro de 2021 ninguém pode ir para junto do rio Mondego para ver o fogo de artifício. Nem precisa.

Este ano, basta prepararem o copo de espumante e fazerem a contagem decrescente junto à janela de casa, porque vai ser lançado fogo de artifício não de um mas de 21 pontos diferentes no concelho, pelo menos um em cada junta ou união de freguesias. 

Já era o nosso plano que o máximo da população pudesse assistir das suas casas ao espectáculo do fogo de artifício, explica Carina Gomes. E vai ser tudo transmitido online, porque admitimos que algumas casas não tenham visibilidade para algum dos espectáculos. Os locais de lançamento estão a ser articulados com os presidentes das juntas ou uniões de freguesias e deverão permitir a melhor visibilidade possível por parte do público, mas não serão previamente anunciados de forma a evitar os aglomerados.

Há outras novidades reservadas para a noite de fim de ano, a Câmara vai transmitir um programa na última noite de 2020. Passei agora pelo Convento São Francisco, onde estão a decorrer as filmagens, as pessoas estão entusiasmadíssimas, estão confiantes de que estamos a fazer uma coisa boa para e pela cidade de Coimbra e isso dá-me a sensação de missão cumprida e bem cumprida. Fico feliz por o estarmos a poder proporcionar, remata Carina Gomes. Recordamos que a autarquia cancelou toda a programação de Natal, canalizando a verba para um programa de apoio às famílias que perderam rendimentos durante a pandemia da COVID-19 e o comércio local, com inscrições abertas até 31 de Janeiro.   

Conteúdo Patrocinado pela Câmara Municipal de Coimbra
FÁBRICA COOLECTIVA