Aqui há dezenas de espectáculos gratuitos e à prova de bicho até Setembro

Perguntamo-nos todos: Que bicho é que nos mordeu? e a ACERT Tondela diz que, mesmo que a pergunta continue sem a resposta que todos desejamos, é preciso contrariar a maré porque o que de mais importante tem a vida humana que é o relacionamento entre as pessoas e a proximidade de compartilhar felicidades. Desde o dia 25 de Julho que a entidade cultural, em parceria com o Município de Tondela, propõe momentos culturais um pouco por todo o município do distrito de Viseu, espalhando um bem que alimenta a alma e favorece as atitudes de cidadania responsável e activa que terão de perdurar sem facilitismo imprudente. Até 27 de Setembro, no evento Que bicho é que nos mordeu?, e através do grupo de teatro Trigo Limpo, a ACERT leva três criações artísticas e uma larga dezena de curtas intervenções de rua que envolvem dezenas de grupos e artistas que, em distintas áreas, proporcionam à população da cidade e das freguesias momentos surpreendentes, todos com entrada gratuita. 

A expedição cultural conta com a participação da Sociedade Filarmónica Tondelense e com o Coro Polifónico da Casa do Povo de Tondela, parceiros da ACERT que, com contentamento comprova a força e união das estruturas que fomentam as artes no nosso território. À Volta da Cadeira são espectáculos de curta duração, em vários horários, com artistas como Luís Pedro Madeira e Catarina Moura (na foto) e Ana Bento e Bruno Pinto, criados para combater a falta de oferta cultural causada pela pandemia. Terra, sempre às 21:30, faz desfilar em palco as muitas discussões sobre o planeta que habitamos e 20 Dizer, com o mesmo horário, é um desafio artístico que explora a musicalidade da palavra dita, cantada e teatralizada, voando em múltiplas geografias. Fil'Mus é uma fusão de uma sessão de cinema com o universo televisivo, que faz reavivar memórias e reviver momentos. Estas são apenas algumas das propostas, vejam em baixo o programa completo para Agosto e Setembro:

Agosto

1 Sáb Naipes (Zona de Lazer de Nandufe), Terra (Canas de Santa Maria)
7 Sex Filarmónica Tondelense, Guardão
8 Sáb Naipes (Caparrosa), Poesia e Música (Barreiro de Besteiros) e Terra, no Mosteiro de Fráguas 
9 Dom Poesia e Música (Vilar de Besteiros)
12 Qua 20 Dizer (Parada de Gonta)
13 Qui Fil'Mus 2 (Lajeosa do Dão) e 20 Dizer (Ferreirós do Dão)
14 Sex  Filarmónica Tondelense, em Tondela, 20 Dizer (Vila Nova de Rainha) e Film'Mus 2 (Modelos)
15 Sáb Naipes (Lajeosa do Dão e Parada de Gonta), 20 Dizer (Tourigo) e Poesia e Música (Muna)
16 Dom Poesia e Música (Canas de Santa Maria) e Fil'Mus 2 (Alvarim)
21 Sex Filarmónica Tondelense (Lobão da Beira)
22 Sáb Naipes (S. Miguel Outeiro e Mosteiro de Fráguas, Poesia e Música (Parada de Gonta)
23 Dom Poesia e Música (Póvoa de Rodrigo Alves)
27 Qui 20 Dizer (S. João do Monte)
28 Sex Fil'Mus 2 (Lobão da Beira) e Filarmónica Tondelense (Botulho)
29 Sáb À Volta da Cadeira (Tondela e Campo de Besteiros), Naipes (Canas de Santa Maria), Terra (Coelhoso), 20 Dizer (Caparrosinha), Poesia e Música (Moelinhos)
30 Dom À Volta da Cadeira (Cortiçada e Tondela), Poesia e Música (Muceres)

Setembro

8 Ter À Capela (Campo de Besteiros)
16 Qua À Capela (Tondela)
26 Qua À Volta da Cadeira (Nandufe e Tonda)
27 Dom À Volta da Cadeira (Caparrosa e Ermida 

Texto: Filipa Queiroz
Fotos: Rui Coimbra, ACERT

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

nino
31.07.2020

tudo bem? gostei muito do seu site, parabéns pelo conteúdo. 😉