10 coisas para fazer em Coimbra nestes dias

Trocámos de angústias e preferimos as actuais: antes não podíamos sair de casa e sonhávamos com tudo o que nos apetecia fazer fora de 4 paredes; agora debatemo-nos com escolhas entre concertos, cinema, exposições, visitas guiadas, oficinas, actividades de exploração e tanto mais que a Agenda nos oferece.

Para além destas 10 sugestões de coisas para fazer em Coimbra nos próximos dias, para públicos e gostos distintos, há muitas outras propostas interessantes e que podem explorar na Agenda, basta pesquisar por data e/ou por categoria.

Cinema ao Ar Livre

Não há Verão sem cinema ao ar livre organizado pelo Fila K Cineclube. A edição deste ano tem algumas alterações importantes: os lugares de ingresso são limitados e precisam de ser reservados por telefone (239 801 160). O Ciclo de Verão começou no passado dia 7 de Julho, mês dedicado à Comédia, e na próxima sessão contamos com a exibição de O Barco /As Sete Ocasiões de Pamplinas, de Buster Keaton. Em Agosto serão exibidos Clássicos do Cinema.

Quando? Terça, 14 Julho, às 21h40 (e todas as terças-feiras dos meses de Verão)
Onde? Jardim do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha
Quanto? 2€/não sócios e 1€/sócios

Dar a Ouvir . Paisagens Sonoras

A 4.ª edição do projecto Dar a Ouvir. Paisagens Sonoras apela à exploração criativa das paisagens sonoras pelas artes. A crise climática global tem chamado a atenção para o facto de vivermos numa era do ruído em que temos dificuldade de ouvir, escutar. Este ano abordam-se os efeitos que a acelerada transformação das paisagens sonoras tem produzido em comunidades humanas e não-humanas.

Quando? Até 6 Setembro, Quarta a Segunda, das 15h às 20h (última entrada às 19h15)
Onde? Convento São Francisco
Quanto? Gratuito

Festival Robalo

Influenciados pelo jazz e música contemporânea, o duo de Leonor Arnaut e João Carreiro (voz e guitarra) procura combinar os seus instrumentos num som apenas.
Canções, melodias e atmosferas são a base das composições originais de ambos os músicos. Por vezes servem apenas de ponto de partida para outros lugares moldados pela improvisação, característica importante na música do duo, tal como a interação, o detalhe e o silêncio.

Quando? 16 Julho, 21h30
Onde? Salão Brazil
Quanto? 5€

Teatro infantil

Era uma vez uma Casa muito especial, a Casa onde viveram algumas das personagens mais conhecidas ou não, das histórias mais contadas de sempre.
Contam que foi construída pelo porquinho mais inteligente, rodeada por grandes árvores, onde se perderam irmãos deixados pelo pai lenhador, onde mais tarde viveu a Carochinha até ao dia da morte de João Ratão. Dos restantes inquilinos não vos posso já contar. Venham conhecê-la, venham a casa visitar.

O Museu Nacional de Machado de Castro recebe Tiago Duarte que apresenta O Contador, um espectáculo de teatro infantil ao ar livre que viaja pelos contos de Charles Perrault, Hans Christian Andersen, Irmãos Grimm até aos contos tradicionais portugueses. Histórias cantadas, dançadas ou simplesmente contadas, onde um livro empoeirado ganha vida ao folhear uma história onde o sonho se torna realidade.

Quando? Sábado, 18 Julho, 10h30
Onde? Museu Nacional de Machado de Castro (Coimbra)
Quanto? 3€/espectador (lugares limitados, reserva obrigatória por telefone 964090165)

Visita cultural ao Jardim de Santa Cruz

O Jardim de Santa Cruz (Sereia) em Coimbra, é um espaço de grande significado simbólico e erudito, edificado pelos Monges Regrantes de Santo Agostinho (Os Crúzio) e que de certo modo é a tentativa da construção de um paraíso terreal em que a água esta sempre presente. Esta visita, organizada pelo Portugal Notável, pretende abordar o significado dos vários recantos e obras do Jardim.

Quando? Sábado, 18 Julho, às 17h
Onde? Ponto de encontro: Praça da República
Quanto? 3€/adulto e 1€/criança

Contos, Mitos e Lendas de Coimbra

Organizado pela Recortar Palavras, este é um projecto constituído por 4 sessões de contos, narrados por contadores profissionais, em ambientes de claustros de mosteiros da cidade, para o público em geral. Sofia Souto Moniz é a contadora desta semana e o espectáculo acolhe, presencialmente, até 15 pessoas, devido às medidas de segurança e saúde vigentes. Na mesma hora, em directo, a sessão é transmitida online.

Quando? Sábado, 18 Julho, às 18h
Onde? MNMC – Museu Nacional de Machado de Castro
Quanto? Gratuito

Ciclo ParaDocma

O Ciclo ParaDocma, sobre temas ecológicos, está de volta à Casa da Esquina, desta feita com sessões no exterior. Serão projectados os documentários Wildlings de Lynn Mylou, Tiago Cerveira e Rodrigo Oliveira e Pagar a Promessa, de Tiago Cerveira. A sessão contará com a presença de Tiago Cerveira. Este evento está limitado a 20 lugares, com distanciamento entre cadeiras e obrigatoriedade de utilização de máscara. Inscrições obrigatórias para o e-mail geral@casadaesquina.pt.

 Quando? Sábado, 18 Julho, às 21h30
Onde? Casa da Esquina
Quanto? Gratuito mas sujeito a inscrição

Concerto Chapim

Não, não é drive in. É mesmo para entrar a pé, na bela esplanada do Liquidâmbar, com toda a segurança e cumprindo todas as normas de saúde. Chapim está de regresso com João Madeira, Paulo Yoshida, José Soares e Miguel Cardina. Há prioridade na esplanada a quem jantar previamente.

Quando? Sábado, 18 Julho, às 21h30
Onde? Liquidâmbar
Quanto? Gratuito

Pedalada de Ciência

Este verão fazemos a ciência sair à rua e partimos à descoberta do Parque Verde do Mondego numa bicicleta. Esta é a proposta do Exploratório para ficar a conhecer as árvores de porte magnífico - uma nogueira, um sobreiro, um eucalipto -, e animais que cruzam o nosso caminho - melros, guarda-rios, borboletas que desafiam a paleta de cores de qualquer pintor -, pontes, edifícios e até um urso! Tanto que há para descobrir e explorar neste espaço verde à beira rio.

Cada exploração tem a duração de 2 horas e inclui a utilização de uma bicicleta; por cada duas bicicletas, a actividade inclui um kit de actividades de ciência, um mapa do Parque Verde, um mapa do Jardim Botânico da UC e ainda um postal do Parque Verde.

Quando? Todos os dias, de segunda a sexta-feira, das 14h30 às 19h30; sábados, domingos e feriados, das 11h às 13h e das 14h30 às 19h30.
Onde? Exploratório – Centro de Ciência Viva de Coimbra
Quanto? 10€

Pedalada de Ciência

Este verão fazemos a ciência sair à rua e partimos à descoberta do Parque Verde do Mondego numa bicicleta. Esta é a proposta do Exploratório para ficar a conhecer as árvores de porte magnífico - uma nogueira, um sobreiro, um eucalipto -, e animais que cruzam o nosso caminho - melros, guarda-rios, borboletas que desafiam a paleta de cores de qualquer pintor -, pontes, edifícios e até um urso! Tanto que há para descobrir e explorar neste espaço verde à beira rio.

Cada exploração tem a duração de 2 horas e inclui a utilização de uma bicicleta; por cada duas bicicletas, a actividade inclui um kit de actividades de ciência, um mapa do Parque Verde, um mapa do Jardim Botânico da UC e ainda um postal do Parque Verde.

Quando? Todos os dias, de segunda a sexta-feira, das 14h30 às 19h30; sábados, domingos e feriados, das 11h às 13h e das 14h30 às 19h30.
Onde? Exploratório – Centro de Ciência Viva de Coimbra
Quanto? 10€

Oficina para crianças e adultos

Durante o mês de Julho, a Casa da Esquina associa-se à Quinta das Lágrimas para um ciclo de oficinas ao ar livre que vão desenvolver os sentidos das crianças e dos seus acompanhantes através de desenhos, pinturas, jogos teatrais, brincadeiras e muito mais. Através da exploração do meio ambiente e dos diferentes espaços do jardim, a natureza é a principal matéria prima e a inspiração. A formadora, Teresa Tellechea, conduz este desafio inspirada em Saramago que escreveu Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara.

Quando? Domingo, 12 Julho, às 11h
Onde? Quinta das Lágrimas
Quanto? 15€/para um adulto + uma criança

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Casa da Esquina. Dar a Ouvir - Paisagens Sonoras, Leonor Arnaut e João Carreiro, Oficina das Letras, Portugal Notável, Recortar Palavras, Liquidâmbar e Joana Pires Araújo

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.