A nova loja da Imprensa Nacional em Coimbra é pioneira no país

A Visconde da Luz ganhou uma bonita loja da Imprensa Nacional Casa da Moeda (INCM) em pleno período de confinamento, causado pela pandemia de Covid-19. A loja tem um espaço livreiro, para venda não só do catálogo editorial da INCM e publicações oficiais da empresa como de obras de outras editoras. Também a zona de numismática, com moedas comemorativas, medalhas e objectos artísticos. 

Nos balcões de atendimento são vendidos impressos e formulários que a empresa produz para a Administração Pública, cidadãos e empresas. Mas esta loja de Coimbra é especial. É a loja pioneira, a primeira com este conceito de design no país, explicou-nos Hugo Acúrcio. É uma loja com autor, o nosso arquitecto Miguel Arrude, tudo foi desenhado por ele, desde o mobiliário à exposição, continuou aquele que é um dos funcionários que alterna com colegas turnos semanais de atendimento ao público. 

Na loja há também um ecrã gigante com vídeos a passar e cadeiras para albergar tertúlias ou apenas dar conforto aos clientes. Queremos ser um ponto de encontro também, disse-nos Hugo Acúrcio.

Outra coisa que salta à vista são os painéis do artista plástico António Olaio, professor na Universidade de Coimbra, que este ano celebra 730 anos, inclusive com o lançamento de uma moeda comemorativa de 2€. Está programado para Setembro, altura em que também será feita a inauguração oficial da loja, inviabilizada actualmente pela pandemia.

Se olharem com atenção também vão descobrir frases de Luís Quintais na montra e junto aos painéis e um espaço infantil. De resto é explorar as prateleiras, recheadas com edições académicas, crítica literária, catálogos, serigrafias originais, obras de autores de Coimbra ou sobre Coimbra em destaque, entre outros. 

A loja da INCM está aberta, por enquanto, das 10h às 13h e das 14h às 16h. 

Texto e fotos: Filipa Queiroz

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Helena Carneiro
02.07.2020

Magnífico! Estou ansiosa por conhecer e aí irei logo que possa.
Helena Carneiro