Estas máquinas recompensam quem devolver garrafas de plástico vazias

Coimbra, Viseu, Covilhã, Leiria e Entroncamento são algumas das cidades do país onde já existem máquinas para devolver as garrafas de bebidas de plástico PET não reutilizáveis. Em Coimbra está no Coimbra Shopping. O projecto-piloto começou em Março e serve para incentivar as pessoas a adoptarem comportamentos sustentáveis, para que o material recolhido seja reciclado e incorporado como matéria-prima na produção de novas garrafas de bebidas.   

Chama-se Quando do velho se faz novo, todos ganham. Ganha o planeta! e está tudo bem explicado na página oficial na Internet: https://dovelhosefaznovo.pt/. Quando tiverem garrafas de bebidas em plástico PET usadas basta depositá-las na máquina e vão receber em troca, em formato de talão de desconto, o valor correspondente à(s) unidade(s) entregues(s). Podem ser garrafas de água, sumos, refrigerantes ou bebidas alcoólicas. Por cada garrafa de 0,1 a 0,5 litros recebem 2 cêntimos, acima de 0,5 e até 2 litros recebem 5 cêntimos. 

Os talões podem depois ser utilizados em compras, de valor igual ou superior, na loja ou insígnia onde as garrafas foram entregues, ou doados a uma instituição social que promova iniciativas relevantes para a sociedade.

Este é um projecto que vem preparar a implementação do futuro sistema de depósito de embalagens de bebidas e que deverá ser implementado no início de 2022, abrangendo embalagens em plástico, vidro, metais ferrosos e alumínio. É gerido por um consórcio composto pela Associação Águas Minerais e de Nascente de Portugal, Associação Portuguesa das Bebidas Refrescantes Não Alcoólicas (PROBEB) e Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) e financiado pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e Ação Climática.

Atenção:

- As garrafas devem ser colocadas com a base virada para o interior da máquina;

- Não devem ter líquidos nem estar espalmadas;

- Devem ter tampa e o rótulo, com o código de barras, intacto;

Sabiam que...

50%

A reciclagem de garrafas em PET evita a emissão de gases com efeito de estufa em mais de 50%

60%

A reciclagem de PET evita em mais de 60% o consumo da energia que seria necessária para a produção a partir de matéria-prima virgem

30%

É a meta de incorporação de PET reciclado na produção de novas garrafas de bebidas a alcançar até 2030.

Texto: Filipa Queiroz
Fotos: Banco de imagens

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ricardo Sequeira
12.02.2021

É uma pena esta campanha terminar a 22 de fevereiro e sabendo da situação de algumas famílias que estão a passar dificuldades e tinham está ajuda nas suas compras… As instituições são importantes mas nem todos estão ligados a instituições… Axo k os valores de reciclagem vão baixar pois existe muita gente que está contra esta alteração…