12 coisas para fazer nos próximos dias

Neste novo quotidiano, todos tivemos de adquirir novos hábitos: a distância, a higiene redobrada, as máscaras. A estranheza dos cumprimentos na rua começa a dar lugar ao à vontade com que dizemos olá enquanto nos tocamos com os cotovelos. Até já começamos a conseguir ler melhor as expressões faciais dos outros e a conversar pelos olhares. Com o desconfinamento, as portas de diversos negócios reabriram e foram salpicando as cidades e os dias de vida, com um travo a esperança e teimosia.

Não conseguimos esconder o nosso entusiasmo ao percebermos que a nossa Agenda de eventos e actividades tem vindo a ficar cada vez mais recheada de propostas interessantes para vários públicos, de diferentes idades, gostos e feitios. Podem pesquisar os eventos que mais vos interessem e basta filtrar por categoria e/ou por data. Só neste fim-de-semana há propostas fantásticas: finais de tarde com música, concertos e festivais, inúmeros espectáculos de teatro (para crianças e adultos), visitas guiadas, várias exposições e até uma acção de voluntariado de limpeza das margens do rio Mondego.

Passeio Pela Cerca de Coimbra (das Torres do Químico à Almedina)

Visita guiada pela muralha medieval de Coimbra e património adjacente (visita interior da Casa das Talhas, Rua das Fangas, torres e muralhas no laboratório Químico e Colégio das Artes).

Quando? Sexta, 26 de Junho, às 15h
Onde? Ponto de encontro na Praça Marquês de Pombal (Coimbra)
Quanto? 3€/adulto e 1€/criança

Sunset Week

Na semana de 23 a 27 de Junho, o Centro Cultural Penedo da Saudade convida para um final de tarde musical, no seu pátio, com grupos diferentes e estilos variados. Depois de Susana China, Cithara e Branta, chega-nos O Som das Palavras no dia 26 e Bossa e Meias no dia 27.

Quando? Sexta, 26 de Junho, às 18h
Onde? Centro Cultural Penedo da Saudade (Coimbra)
Quanto? Gratuito mas sujeito a inscrição (lotação máxima de 26 pessoas)

Festival Django em Coimbra

Integrado na programação do Festival Django, o quarteto Djangoland recria o Jazz Manouche de Paris dos anos 30, cujo expoente máximo é Django Reinhardt. O repertório vai dos clássicos do Jazz americano ao cançonetismo francês, do leste da Europa, com alguns desvios mais contemporâneos, que são reflexo do legado do estilo Manouche até aos nossos dias.

Quando? Sexta, 26 de Junho, às 21h30
Onde? Liquidâmbar (Coimbra)
Quanto? Gratuito

B30irds are Indie no Salão Brazil

Birds Are Indie apresentam Migrations – The Travel Diaries #1, o último disco da banda, em 4 sessões (nos dias 25 a 28 de Junho) limitadas a 40 pessoas. Em cada uma das sessões haverá diferenças no alinhamento das canções escolhidas e ainda algumas ofertas especiais.

Quando? Quinta a Sábado, 25 a 27 de Junho, às 21h30 e no Domingo, 28 de Junho, às 17h30
Onde? Salão Brazil (Coimbra)
Quanto? 10€ (bilhetes à venda apenas no site da BOL ou através de reserva prévia)

Mondego Limpo Tem Mais Encanto

Esta acção de voluntariado ambiental é promovida pela Escola de Enfermagem de Coimbra e integra-se nos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas e na Estratégia Nacional de Educação Ambiental. A iniciativa visa promover activamente a mudança de comportamentos e de atitudes na comunidade académica, e fomentar uma cidadania activa e boas práticas ambientais. Os voluntários irão participar na limpeza das margens do Rio Mondego, entre a Ponte de Santa Clara e a Ponte Pedonal Pedro e Inês, e o lixo recolhido será pesado, separado e colocado nos contentores no Centro Náutico do Choupalinho.

Quando? Sábado, 27 de Junho, às 9h30
Onde? Ponto de encontro no Centro Náutico do Choupalinho, junto ao Coimbra Stand Up Paddle (Coimbra)
Quanto? Gratuito

Teatro Re Habitar pela companhia Bonifrates

Passear pelas ruas da Alta e da Baixa de Coimbra, com uma visita dramatizada pela Companhia Bonifrates, que através das palavras dos poetas que por lá viveram, irá reconstruir roteiros e testemunhos de vida. O percurso inicia-se na Biblioteca Joanina e termina na Casa da Escrita.

Quando? Sábado, 27 de Junho, às 16h
Onde? Ponto de encontro na Biblioteca Joanina (Coimbra)
Quanto? 3,50€ a 6€

Teatro infantil

O Museu Nacional de Machado de Castro recebe Tiago Duarte que apresenta um espectáculo de narração ao ar livre viajando pelos contos de Charles Perrault, Hans Christian Andersen, Irmãos Grimm até aos contos tradicionais portugueses.

Quando? Sábado, 27 de Junho, às 19h e Domingo, 28 de Junho, às 11h
Onde? Museu Nacional de Machado de Castro (Coimbra)
Quanto? A anunciar

Teatro O Melhor de Nós pelo Teatro Loucomotiva

Nesta peça, 3 amigos conversam sobre tudo e sobre nada. Não sabemos as suas idades nem as suas experiências de vida, sabemos que se divertiram, muito, na véspera e esperam por alguém.

Quando? Sábado, 27 de Junho, às 21h45
Onde? Teatro Loucomotiva (Taveiro)
Quanto? 3€-5€ (lugares limitados)

Teatro Escória pelo Teatro Regional da Serra de Montemuro

De metáfora em metáfora, o espectáculo Escória, de Baal17, fala de respeito, de empatia e de esperança numa Humanidade que também tem um lado doce, construtivo e colorido.

Quando? Domingo, 28 de Junho, às 16h
Onde? Teatro Regional da Serra de Montemuro (Castro Daire)
Quanto? 2€ (gratuito para crianças até aos 12 anos e 1€ para jovens entre os 13 e 18 anos de idade)

Exposição Cidades e Lugares, de Nadir Afonso

Na obra do artista, as cidades são constituídas por arquitecturas de linhas e formas, que no conjunto se modelam em volumes num equilíbrio estável, os fundos brancos imperam, as linhas que compõem os edifícios surgem numa simbiose de forma e cor. 

Quando? Até 30 de Junho
Onde? Museu Nacional de Machado de Castro
Quanto? Gratuito

Exposição In_pulso(s) em Coimbra, de Rui Gaspar

Predominantemente aguarelas, estes são os impulsos (in_pulso(s)) de Rui Gaspar, em Coimbra, que resultaram da sua necessidade interior de pintar. 

Quando? Até 2 de Julho
Onde? Bar Liquidâmbar
Quanto? Gratuito

Exposição Sem Chão, de Xana Abreu

Conhecida por Xana Toc-Toc para os mais novos, pelas músicas no Canal Panda, Xana Abreu tem várias faces e tem dado cartas, em Portugal e no estrangeiro, pelos trabalhos de arte plástica. Este é um bom pretexto para uma visita ao Museu da Água.

Quando? Até 16 de Julho
Onde? Museu da Água de Coimbra
Quanto? Gratuito

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Birds Are Indie, Portugal Notável, Centro Cultural Penedo da Saudade, Djangoland, Bonifrates, Museu Nacional de Machado de Castro, Teatro Loucomotiva, Teatro Regional da Serra de Montemuro, Nadir Afonso, Rui Gaspar e Museu da Água de Coimbra

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.