Vale a pena visitar estes espaços que já reabriram

Se há coisa que a pandemia nos fez sentir é que dávamos como certa a liberdade de fazer (quase tudo) o que nos apetecesse. Os dias de confinamento foram somando vontades – de rever esta e aquela pessoa ao vivo e a cores, de voltar aquele recanto, de comer ali e acolá mas também a possibilidade de, a qualquer momento, visitarmos locais emblemáticos da cidade de Coimbra.

Trazemos boas notícias: a Biblioteca Joanina, a Capela de São Miguel e o Palácio Real já podem voltar a ser visitados, depois de cerca de 2 meses de portas fechadas, devido às medidas de prevenção e contenção de propagação da pandemia de COVID-19. Os espaços do Paço das Escolas – parte do circuito turístico da Universidade de Coimbra – encontram-se acessíveis, todos os dias, entre as 9h e as 17h, com pausa para almoço entre as 13h e as 14h.

Na reabertura dos espaços monumentais do Paço das Escolas, para garantir a segurança de funcionários e visitantes, todos precisam de respeitar as recomendações das autoridades de saúde para controlo da actual crise sanitária.

São obrigatórios o uso de máscara, a higienização das mãos e o respeito de distanciamento social de pelo menos 2 metros (com a implementação de circuitos unidirecionais, para evitar o cruzamento de pessoas). Estão programadas medidas rígidas de higienização de cada local visitável e o número máximo de visitantes simultâneos é limitado a 10 pessoas, em cada um dos espaços.

Os bilhetes para visita do Paço das Escolas podem ser comprados, de forma antecipada, através da plataforma online disponível em https://visit.uc.pt/pt.

A retoma das atividades do circuito turístico na Biblioteca Joanina, Capela de São Miguel e Palácio Real segue-se à reabertura do Jardim Botânico (Jardim) que já pode acolher visitantes desde segunda-feira, dia 18 de Maio. O acesso ao Jardim só pode ser feito por um destes 2 portões: a norte, pelos Arcos do Jardim e a sul pelo portão de Vandelli, entre as 9h e as 17:30h.

Perante o Estado de calamidade em vigor, o Jardim Botânico sinaliza algumas restrições nos espaços, sendo apenas possível circular parcialmente no Jardim Clássico, respeitando as regras sociais e de saúde instituídas.

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Universidade de Coimbra e Jardim Botânico da Universidade de Coimbra

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.