8 cuidados a seguir quando quiserem ir a um restaurante

18 de Maio é uma data muito aguardada por todos os envolvidos no sector da restauração já que assinala a reabertura de restaurantes, cafés, pastelarias e respectivas esplanadas. Logo pela manhã, foi o Primeiro-Ministro, António Costa, que tomou uma bica numa esplanada, em Lisboa. O dia vestiu-se a rigor para a ocasião, soalheiro e com temperaturas amenas, como quem nos estende o desafio de apoiar a economia local.

Gostavam de ir comer fora mas têm alguns receios? A Direcção-Geral de Saúde estabeleceu um conjunto de procedimentos que os espaços de restauração e bebidas devem adoptar de maneira a minimizar a transmissão do novo coronavírus. Reunimos mais informações oficiais sobre os comportamentos que devemos adoptar nestes espaços para que estas saídas sejam serenas e prazerosas.

Mãos

À entrada e saída do restaurante devem lavar as mãos com água e sabão ou higienizar as mãos com uma solução à base de álcool.

Vários restaurantes vão fornecer uma solução de álcool para os clientes desinfectarem as mãos à entrada dos espaços. Devem aceitar e repetir o processo quando retirarem a máscara, por exemplo. Convém terem convosco mini frasco de álcool-gel ou então pedir aos empregados que lhe tragam um pouco da solução para desinfectar.

Distância de segurança

Tanto na entrada no restaurante como dentro das instalações, devem respeitar a distância de, pelo menos, 2 metros entre pessoas (excepto se forem pessoas com quem coabitam).

Etiqueta respiratória

Devem tapar o nariz e a boca sempre que tossirem ou respirarem, utilizando um lenço de papel ou o braço (nunca as mãos!) e, em seguida, deitar os papéis no lixo.

Mesas e cadeiras

Se por alguma razão quiserem alterar a disposição das mesas e das cadeiras, confirmem com os colaboradores do restaurante se o podem fazer, já que o layout dos espaços foi configurado de maneira a cumprir com as orientações das autoridades sanitárias.

Casas de banho

Sempre que for necessário utilizar as casas de banho, é possível que toquem em superfícies como as maçanetas de portas, autoclismos e torneiras. É importante efectuar a higienização das mãos (com água e sabão ou com solução à base de álcool), imediatamente antes e depois do contacto.

A utilização de toalhas ou de secadores que produzem jactos de ar não é recomendada e devem optar pela secagem das mãos com toalhas de papel de uso único.

Evitar contacto próximo

Talvez encontrem alguma cara amiga quando forem comer fora mas devem evitar o contacto próximo, apertos de mão, beijos ou a partilha de comida, utensílios, copos e outros acessórios pessoais.

Reserva de mesa

É aconselhável o agendamento prévio para reserva de lugares por parte dos clientes, não só para evitarem circular pelo restaurante mas sobretudo para evitarem uma deslocação desnecessária a um espaço que possa estar já lotado.

Entrada e saída

O procedimento mais seguro é fazer a entrada e saída do restaurante com máscara colocada e retirá-la quando já estiverem à mesa, guardando-a num saco que tragam de casa.

Os passos para a colocação correcta das máscaras devem ser cumpridos integralmente – e não são nenhum bicho de sete cabeças:

# Antes de colocar a máscara, higienizem as mãos;
# Se se tratar de uma máscara cirúrgica, coloquem-na com o lado branco (face interna) virado para a cara, e o lado com outra cor (face externa) virado para fora;
# Ajustem as extremidades da máscara ao nariz, cobrindo a boca, o nariz e o queixo com a máscara;
# Não devem tocar na máscara enquanto esta estiver em utilização (e caso tal aconteça, devem imediatamente higienizar as mãos);
# A remoção da máscara deve ser feita a partir da parte de trás (não tocando na frente da máscara), segurando nos atilhos ou elásticos;
# No final da utilização da máscara deve ser feita nova higienização das mãos;
# A máscara deve ser substituída por uma nova assim que se encontre húmida.

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Tiago Petinga (Lusa), Governo de Portugal, Cordel Maneirista e banco de imagens 

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.