Vão-se os concertos ao vivo mas ficam os discos

Artistas e editores acreditam que é em alturas como a que vivemos, de crise devido à pandemia global de COVID-19, que precisamos ainda mais de novos estímulos para encarar as coisas com uma perspectiva diferente e apaziguar as nossas almas.

A música tem estado muito presente desde que foi decretado o primeiro Estado de Emergência, e já o mencionámos aqui e aqui, mas além dos temas criados em casa e dedicados ao momento actual ou cantados à janela, há discos novos em folha a serem lançados, apesar de as digressões terem de ficar em stand by. 

O Governo acaba de anunciar o fim do Estado de Emergência e o chamado plano de desconfinamento gradual, mas continua a ser essencial que quem possa fique em casa.

Mas enquanto as salas de espectáculos não retomam o funcionamento normal e não viajamos de carro tanto quanto queremos, aqui ficam novos trabalhos lançados em Abril, de diferentes artistas da região, para ouvirem na aparelhagem ou computador de casa: Birds are Indie, 2 Chamadas Não Atendidas, Mancines, The Twist Connection e Luís Figueiredo. Também o single de João Farinha e covers gravadas em plena quarentena pela Escola de Fado e Tuna Penalvense. 

Birds are Indie

Feito para celebrar 10 anos de banda, a banda de Coimbra Birds are Indie lançou Migrations, gravado na Bluehouse e editado pela Lux Records. Ricardo Jerónimo, Joana Corker e Henrique Toscano revisitam canções antigas e atiram-nos temas novos como este Black (or the art of letting go). Podem ouvir e comprar o álbum digital aqui ou mandar vir o CD que é bem bonito. Os Birds are Indie tinham muitos concertos e showcases marcados que não puderam acontecer mas podem contar com um concerto online no dia 29 de Maio, na plataforma Música da Casa

2 Chamadas Não Atendidas

É o disco de estreia, com a chancela da Antena 2, e tem o mesmo curioso nome que o grupo: 2 Chamadas Não Atendidas. O trio instrumental é composto por Gonçalo Marques (bombardino), Artur Rouquina (oboé) e André Louro (piano), compositor de várias bandas sonoras para teatro, autor do projecto de poesia e música erótica e satírica Penicos de Prata e membro fundador da Companhia da Chanca. É Louro que também assume a composição dos temas originais e direcção músical. Se clicarem podem ouvir os temas Suite do Caos, O Paninho e O Aquário no Soundcloud e comprar o CD que contou com a participação do Maestro Victorino d’Almeida como músico convidado.

Mancines

O segundo disco de originais da banda que junta Raquel Ralha, Toni Fortuna, Pedro Renato e Gonçalo Rui chama-se II e arranca com este single: Is This a Go? Os 11 temas do disco contam com músicas de Pedro Renato e letras de Raquel, Toni e dos amigos JP Simões ou Samuel Úria (o último no tema O Poço, estreia da banda a arriscar a língua portuguesa). Também revisitam o compositor Nino Rota e os Heróis do Mar. A edição é da conimbricense Lux Records, podem ouvir e comprar aqui e aqui.

João Farinha

A voz do projecto Fado Ao Centro teve de interromper as gravações em estúdio e adiar o lançamento do disco mas levanta o véu com este primeiro single: Embalando o menino. A ideia é transmitir um voto de esperança e de futuro para enfrentar estes tempos sombrios e o tema presta homenagem ao compositor António Fragoso e à DOCE - Associação Nacional para Divulgar, Orientar, Combater e Enfrentar a Tay Sachs, uma doença rara que afecta o sistema nervoso central, degenerativa e fatal. 

The Twist Connection

Chama-se is that real? e foi gravado no Inverno e no Verão. Primeiro no Serra Vista Studios, com produção do lendário guitarrista de Morrissey e David Bowie, Boz Boorer. Depois nos Black Sheep Studios. Fake é o segundo single a sair, depois de Bring Me The Storm. Podem conhecer e comprar aqui o terceiro disco da banda rock’n’roll de Coimbra, com Carlos Kaló Mendes, Samuel Silva e Sérgio Cardoso.

Raon | Figueiredo | Hasselberg

Durante uma semana, em Dezembro de 2017, Luís Figueiredo tocou com Eduardo Raon e João Hasselberg na KoncertKirken, em Copenhaga. Da experiência saiu o disco que agora vê a luz do dia: this is what will be. A edição é da Tiny Hedgehog Records e inclui este Consciousness Descends In Warm and Gentle Waves, podem conhecê-lo e comprá-lo aqui.

From Atomic

Lembram-se da Sofia Leonor? Este é o muito aguardado disco de estreia da banda conimbricente da artista e do resto da banda, Alberto Ferraz e Márcio Paranhos. Deliverance foi gravado nos estúdios da Blue House e editado pela Lux Records. Podem ouvir aqui e encomendar na Lucky Lux, através do email: luxrecords@gmail.com.

Escola de Fado de Coimbra

Não é um disco mas é uma cover de uma canção bem conhecida. A Escola de Fado de Coimbra desafiou alunos e seguidores de todo o país para cantarem com eles a Feiticeira a partir das respectivas casas, por causa do Estado de Emergência. Segundo a Escola, a serenata de Coimbra é para todos que diariamente arriscam a vida por nós, e claro, para todos que em casa facilitam a luta
contra este vírus e está disponível no canal do Youtube, Facebook e Instagram.

Tuna Penalvense

A Tuna Recreativa Penalvense (de Penalva de Alva - Oliveira do Hospital) também partilhou o tema As Ilhas do Açores, de Pedro Ayres de Magalhães. O agrupamento instrumental, onde predominam cordofones dedilhados da família do bandolim, tem 83 anos de História e costuma tocar obras de diferentes estilos e géneros musicais, desde uma suites do período Barroco até clássicos rock, bandas sonoras e choros brasileiros. Esta foi uma estreia, gravada a partir de casa e com os músicos espalhados um pouco por todo o país.

Texto: Filipa Queiroz
Fotos: Mancines e 2 Chamadas Não Atendidas

Artigo actualizado às 10h40 de 6 de Maio, 2020

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.