Toda a família pode ir ao circo sem sair do sofá

A recomendação de sempre: ficar em casa. Alguns têm visto filmes, séries e televisão como se não houvesse amanhã, outros já limparam as divisões com tal fúria como se a vida dependesse disso, cozinheiros amadores lançaram-se na chamada pãodemia (designação dada por Filipa Gomes, apresentadora de televisão no canal 24Kitchen, a uma receita de pão sem amassar que muitos recrearam nas suas cozinhas), os livros largaram o pó e saltaram para os colos de quem quer viajar sem sair do sítio. Continua a haver mais, muito mais, para fazer e prometemos continuar a sugerir programas que vos permitam sonhar e arejar a mente, ainda que o façam nos mesmos metros quadrados de sempre.

A proposta de hoje vem cheia de pompa e circunstância: uma sessão de circo – mas como muitos nunca viram, sem animais e palhaços tradicionais. Falamos do Cirque du Soleil, a maior companhia circense do mundo, que apresenta espectáculos alegres e que contam com um enredo, com cenários imponentes, vestuário pensado ao detalhe e ainda música ao vivo durante as apresentações. Uma das directoras do grupo, Sheila Morin, entende que agora mais do que nunca, os fãs precisam da distracção que o espectáculo pode trazer, uma ruptura do caos. Queremos fazer a nossa parte e espalhar a alegria, mesmo de longe, directamente para eles.

Circo para assistir em casa

O Cirque du Soleil anunciou a criação de uma plataforma de conteúdo digital chamado CirqueConnect, para se manterem em contacto com os seus fãs. Desta forma, têm acesso a uma fonte de entretenimento de alta qualidade que podem desfrutar no conforto de casa, já que as medidas actuais de combate ao coronavírus (COVID-19) suspenderam os espectáculos ao vivo em todo o mundo.

Esta plataforma estreou com um especial de 60 minutos com momentos únicos de espectáculos icónicos (como KURIOS – Cabinet of Curiosities, O e LUZIA) e faz-nos sentir que temos lugar na primeira fila e que estamos a ser conduzidos pelos melhores ângulos numa experiência apenas possível num ecrã.

As apresentações são de tal forma impressionantes que prometem queixos caídos e olhos pregados na televisão de todos os membros aí de casa, dos mais novos aos mais velhos.

Outras experiências

As novidades não se ficam pelos vídeos de espectáculos já que a plataforma disponibiliza ainda uma experiência de realidade virtual, séries e tutoriais de exercícios físicos que mostram como um artista do Cirque Du Soleil se prepara ou com técnicas de maquilhagem dos profissionais.

Mais sobre o Cirque du Soleil

Originalmente composto por 20 artistas de rua em 1984, esta companhia reinventou por completo as artes circenses e tornou-se um dos principais líderes mundiais em entretenimento artístico. Sedeada em Montreal, a organização canadiana tem trazido maravilhas e alegria a mais de 200 milhões de espectadores, somando 42 produções que passaram por 450 cidades em 60 países. O Cirque du Soleil tem atualmente 4.500 colaboradores, incluindo 1.400 artistas provenientes de cerca de 70 países. Só em 2018, foram apresentados em simultâneo 20 espectáculos pelo mundo fora.

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Cirque du Soleil

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.