Vamos ao teatro cá dentro?

O Dia Mundial do Teatro tem um sabor diferente este ano. Por causa da pandemia no novo coronavírus e da necessidade de isolamento social, as salas estão encerradas, dezenas de espectáculos foram adiados e cancelados. O 27 de Março de 2020 é passado em casa pela maioria mas nem por isso despercebido. Em Coimbra, o Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV) partilha nas redes sociais esta mensagem da autoria do encenador e dramaturgo paquistanês Shahid Nadeem, dramaturgo, director de teatro e televisão premiado e activista de direitos humanos, sobre o caráter espiritual do teatro, sublinhando a forma como esta arte pode aproximar os seres humanos.

A Bonifrates partilha aqui uma edição especial da produção para redes sociais em tempos de isolamento - Há palavras que nos tocam. O Teatrão celebra também na página oficial no Facebook o que o teatro é para cada um de nós: partilha, poesia que se torna humana, observação, narizes vermelhos e muito mais. A Casa da Esquina propõe a visita às peças de teatro (em baixo) do arquivo da associação cultural e o TEUC também atira uma homenagem. Desfrutem e Feliz Dia Mundial do Teatro, que possamos voltar a assistir aos espectáculos ao vivo e a cores, nos palcos, bem rapidamente.

Crise de 69 - O ano em que sonhámos perigosamente (2019)

 Casa da Esquina no Convento São Francisco  

O Repúblicário (2019)

Casa da Esquina, para o público mais novo

Exílio (2017)

61-74 para Casa da Esquina com TAGV

Eu uso termotebe e o meu pai também (2018)

Casa da Esquina com Teatro Nacional D. Maria II, CCVF, Teatro Académico de Gil Vicente e Teatro Aveirense (1ª Parte) 

Eu uso termotebe e o meu pai também (2018)

Casa da Esquina com Teatro Nacional D. Maria II, CCVF, TAGV e Teatro Aveirense (2ª Parte) 

O Meu País é o que o mar não quer (2014-2017)

Casa da Esquina com TAGV

Capítulo 1: Roldeck

O Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra, grupo de teatro universitário mais antigo da Europa em actividade contínua, celebra a data no Facebook com a partilha histórias contadas pela voz do sócio antigo Julio Roldão. 

Texto: Filipa Queiroz
Foto: Banco de imagens

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.