Este restaurante é 100% vegetariano e vegano

Há mais de uma década que mora no nº 31 da Rua das Parreiras, em Celas, um dos poucos restaurantes vegetarianos e veganos da cidade de Coimbra. Houve quem dissesse que não íamos durar 6 meses mas entretanto já fecharam não sei quantas casas e cá estamos, atira Pedro Silva, sem falsas modéstias. Visitámos o Greensideque está aberto das 9h às 16h durante a semana e também fabrica os próprios salgados vegetarianos ultra congelados, à venda na loja Celeiro. A ideia de abrir o espaço na cidade foi da mulher de Pedro, Anabela Marques, licenciada em Geografia e autora de estudos sobre restauração vegetariana em Portugal. 

A grande razão foi e continua a ser a promoção da alimentação saudável mas tem uma outra grande motivação (ou missão) por trás: Anabela é Adventista do Sétimo Dia e o apelo à vida saudável, inclusive o exercício físico regular, faz parte da prática religiosa. Agora fala-se muito neste tipo de alimentação mas eu tenho mais de 50 anos e lembro-me de já em pequena fazer granola e essas coisas em casa, conta. O Greenside tem um simpático pátio interior para quem preferir comer a céu aberto e funciona em sistema self-service, por isso é uma opção rápida e económica para almoçar ou petiscar qualquer coisa ao início ou meio da manhã com Menu Take Away (6,75€), Refeição (8€) e opção de compra avulso. 

Menu

Geralmente o menu do dia está disponível para consulta na página do Greenside no Facebook. O Menu Refeição inclui Sopa, Sumo Natural ou Água, Pão, Prato e Salada Mista. Provámos os Cannelloni de Legumes e o delicioso Pastel de Requeijão mas também havia Estufado de Lentilhas e Cuscuz de Tofu e Beringela.

Vários pratos e sobremesas são veganos, no caso das sobremesas com recurso a soja de cacau, gelatina e bolacha vegana, por exemplo. Moamba vegana, Lasanha, Arroz de Cogumelos, Rancho e Paelha vegetarianas e vegan são outros pratos que podem encontrar.

Não servem peixe nem carne, bebidas alcoólicas, refrigerantes ou mesmo café. A ideia é mesmo só encontrar opções alimentares saudáveis e equilibradas e há literatura no espaço sobre o assunto para quem quiser consultar. 

 

Texto e fotos: Filipa Queiroz

Errata: No artigo em cima, publicado no dia 18 de Fevereiro de 2020, foi veiculada incorrectamente a informação de que alguns produtos são vendidos no supermercado BioEscolha, em Coimbra. O Bioescolha tem certificação biológica e não vende os referidos produtos. O texto foi rectificado às 14h30 do dia 19 de Fevereiro, 2020. O nosso sincero pedido de desculpas por qualquer incómodo causado aos visados e aos nossos leitores.

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.