Há tesouros para descobrir em Coimbra este mês e de graça

Quantas vezes já vos aconteceu perguntarem-vos curiosidade sobre a vossa cidade às quais não souberam responder? Às vezes as coisas estão ali e não fazemos ideia dos segredos que escondem, mas até gostávamos de saber. Temos vindo a divulgar as visitas guiadas organizadas pela Câmara Municipal de Coimbra que são óptimas para quem está de passagem mas também para quem é de cá. Além de temas diversos fazem qualquer um reencontrar-se com a cidade pela mão de quem conhece a história e cultura locais, ainda por cima de forma gratuita. 

As propostas para o segundo mês de 2020 são uma viagem aos Colégios Universitários, ao Pátio da Inquisição, ao Património Arquitectónico construído já no século XX e outros Tesouros. So têm de se inscrever por telefone (239 702 630) ou presencialmente na Câmara Municipal de Coimbra. As visitas começam sempre às 15h e se houver entradas pagas são da responsabilidade dos participantes mas a organização informa se for o caso. 

Colégios Universitários – Património Mundial

13 de Fevereiro | 15h
Local de encontro: Largo Dom Dinis

A ideia desta visita é realçar a importância dos antigos colégios instalados na Alta da cidade, cuja história se cruza com a da Universidade. Com a instalação definitiva da Universidade de Coimbra, em 1537, emergiu na cidade uma rede de colégios, a maioria ligados às Ordens Religiosas, que marcaram para sempre a fisionomia e a estrutura da cidade. Inicialmente projectados e construídos na parte baixa da cidade, onde tinham funções de pensionato, de estudo e onde se provia uma formação base preparatória, mais tarde muitos foram transferidos para a Alta, garantindo a proximidade com
a Universidade que acabaria por se estabelecer no Paço Real.

Arquitectura do Século XX - Patrimonio Mundial

18 de Fevereiro | 15h 
Local de encontro: em frente à Faculdade de Letras

 
Os edifícios universitários construídos durante o período do Estado Novo têm um plano de modernidade só comparável com a época Pombalina. A construção de uma nova cidade universitária, que levou ao desaparecimento de inúmeros edifícios na Alta de Coimbra, seguiu a ideologia de concentração e de persecução de modelos edificados noutras cidades da Europa de regimes totalitaristas muito em voga nas primeiras décadas do século XX. Nesta visita ficam a perceber melhor a monumentalidade dos edifícios, a arquitectura, os baixos-relevos, os frescos decorativos, a azulejaria e as esculturas que contribuiram para fosse classificado como Património Mundial pela UNESCO.

A Inquisição em Coimbra

20 de Fevereiro | 15h
Local de encontro: Pátio da Inquisição

Nesta visita guiada ficam a conhecer os espaços (exteriores) associados ao período em que o poderoso Tribunal da Fé esteve instalado em Coimbra, relacionando-o com o seu desenvolvimento em
Portugal, desde a sua fundação até à extinção. Foi um período conturbado da história mundial, onde o poder eclesiástico se revelava mais forte e influente do que o poder político, com todas as conotações negativas que daí advieram e se fizeram sentir à época. Foi um momento marcante que moldou toda uma nova geração de pensadores e ajudou a formar uma nova consciência que mudou a forma de sentir e de estar dos povos ditos civilizados. 

Tesouros de Coimbra

27 de Fevereiro | 15h
Local de encontro: Largo Dom Dinis

É uma visita guiada pelas ruas da Alta de Coimbra, focando as vivências, memórias, tradições e aspectos histórico-culturais, patrimoniais e imateriais da cidade. Vai ser mostrada parte da vasta riqueza patrimonial, cultural e imaterial que, ao longo dos séculos, levou Coimbra a formar na consciência nacional um conceito de multiculturalidade e identidade única, através da  pluralidade intelectual, da expressão cultural, profissional e do associativismo. Este percurso pretende dar continuidade à linha de promoção dessa identidade multicultural e de tolerância intelectual sempre presente nas vivências urbanas conimbricenses, no pormenor arquitectónico e patrimonial existente, nas suas histórias, atraindo cada vez mais visitantes ao espaço nobre da cidade.

 

Texto: Filipa Queiroz
Fotos: Câmara Municipal de Coimbra

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.