Têm mais de 30 anos e procuram uma boa oportunidade de trabalho?

Estamos no século XXI e o mercado de trabalho parece ainda não se adaptar às necessidades das novas dinâmicas familiares e ao reconhecimento de competências ganhas em contexto de trabalho ou até a nível pessoal. Falamos de pessoas com mais de 30 anos que gostariam de abraçar um novo desafio mas não sabem bem o quê nem como.

A história de hoje começa assim: passei por não conseguir trabalho aos 30 e tal anos porque tinha habilitações a mais ou menos e entendo que existem muitas mulheres que por terem sido mães ou despedidas, têm muito para dar à sociedade. Podem vir trabalhar connosco, aprender, podem ser pessoas muito válidas e com muito sucesso, basta terem coragem e vontade de arriscar. Intrigados?

Fomos conhecer Sara Fernandes, a empresária por detrás do sucesso da agência imobiliária Remax Coral.

Arqueóloga, foi responsável pelos trabalhos de arqueologia na Ponte Europa e chegou a ser convidada para ir para o Alqueva mas tinha sido mãe há pouco tempo e teve de reorganizar o seu futuro profissional para poder conciliar todos os seus papéis. Assim, em 2002, decidiu tentar uma coisa diferente e entrar no sector imobiliário. Achou que seria algo temporário, que se iria embora na semana seguinte mas foi ficando, até aos dias de hoje. Ali podia ser mãe, esposa, podia fazer as minhas coisas, podia trabalhar e ganhar dinheiro.

O marido apoiou-a na decisão de abrir a sua própria agência, no centro da cidade. Este risco implicava mexer nas poupanças, podia ou não dar certo. A Remax Coral deu (muito!) certo e Sara procura novos agentes que estejam motivados e tenham coragem para abraçar este desafioSe as pessoas levarem à risca o que eu ensino conseguem angariar e vender e um agente imobiliário que facture bem tem um nível de vida acima da média.

Expectativas

Os primeiros 12 meses implicam um enorme trabalho de formação e investimento na aprendizagem e, nesta fase, é importante que haja uma rede de suporte. Se ao fim deste tempo o agente já vendeu casas e está bem intrusado, fica.

O salário é variável, na base do comissionamento. No sector imobiliário há meses em que não levo para casa e noutros levo 9000€. Há agentes que são muito regulares, que têm uma metodologia muito regular e eficaz e estão quase sempre a receber. Podem estar dois meses sem receber mas têm um mês com uma série de escrituras marcadas.

A agência está aberta de segunda a sexta entre as 9h30 e as 19h30 e aos sábados entre as 10h e as 18h. Uma escala rotativa assegura sempre a presença um agente na loja, o que significa que compete a cada agente fazer um ou dois turnos (uma manhã ou tarde) por semana. O resto do tempo é um trabalho de prospecção, angariação, lides processuais, fazer visitas.

Trabalho

Em determinados negócios, há um trabalho de equipa com agentes que trabalham a dois mas na equipa da Remax Coral também há agentes muito individuais que preferem um trabalho solitário. Há ajudas preciosas: para além da formação obrigatória da Remax Portugal, a primeira formação aos agentes é dada pela própria Sara e aborda casos concretos de como devem comportar-se ou agir nesta ou naquela situação.

Em seguida, todos os agentes devem angariar e vender, apesar de haver agentes que não gostam de angariar porque os obriga a sair da zona de conforto. Mas como diz o ditado, em terra de cego quem tem olho é rei: temos imensos clientes compradores mas o nosso mercado tem escassez de produto e se os agentes forem pro-activos e fizerem o trabalho como eu e a Remax Portugal ensinamos, a angariação é quase logo vendida na hora.

O ambiente da Remax Coral é familiar porque as pessoas conhecem-se e Sara faz questão de estar a par do que se passa com todos os agentes. Há uma regra de ouro para Sara: há muitas formas de fazer negócios e temos de decidir se estamos ou não do lado da lei e nisso eu sou intransigente.

Vantagens

Tudo começa por acreditarmos na marca que estamos a representar.

A Remax trabalha em exclusivo na promoção para evitar que um produto seja colocado no mercado com preços e imagens diferentes. Esta exclusividade faz com que exista sempre um rosto que representa aquele imóvel. Quando ligar para aquele anúncio, fala com aquela pessoa que lhe diz todas as características do imóvel, é um trabalho personalizado.

Através da forte divulgação que fazem, no site e também noutras plataformas, o negócio é vantajoso para todas as partes – vendedor, comprador e agência. Porquê? Simples: a base da Remax é a partilha e embora cobre uma comissão de 5%, o que é garantidamente da agência Coral é 2,5% porque o restante é pago a outra Remax ou qualquer outra imobiliária. Isto resulta em quase 50% dos negócios da Coral serem realizados em partilha.

Histórias

Comprar e vender casas é um negócio que mexe profundamente com a vida das pessoas: há situações de litígio, divórcios muito complicados, heranças e os agentes imobiliários servem de mediadores.
Entre muitas histórias, Sara lembra-se de um casal que se estava a querer divorciar por incompatibilidades. Já era um casal com a sua idade, ao lado da casa deles havia uma associação recreativa e o senhor passava lá mais tempo do que em casa. Queriam vender a casa porque era uma forma de salvar o casamento. Consegui vender a casa deles e vender-lhes outra: implicava uma permuta e eles lá foram para uma casa que não tinha nada à volta. (risos) Mandaram-me outro casal na mesma circunstância e também lhes consegui o mesmo. Salvou os dois casamentos e um desses casais regressou agora para procurar uma casa mais pequena. 

Artigo Patrocinado

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.