Andam à procura de casa em Coimbra?

Hoje em dia procurar casa não passa só por ir a agências imobiliárias, mas também pesquisar sites e correr grupos com anúncios de particulares e profissionais. Em Coimbra, há critérios chave e características da cidade  a ter em conta para se poder fazer a devida triagem e chegar ao resultado ideal - que pode demorar. Muito. Ou então ter um golpe de sorte, que também acontece. 

Reunimos algumas informações e aconselhamo-nos com profissionais do sector que deram luzes também sobre o futuro do mercado na zona, que depois da um período de anos sem construção nova devido à crise económica, está em alta e para durar, com muita procura e vários projectos em curso. A par distoestá a proliferação do alojamento local, a recuperação de imóveis, a imensa escolha online e a evolução do trabalho de mediação imobiliária.

O que procurar?

1. Arrendamento ou compra

O arrendamento fica sempre mais caro a longo prazo do que a compra, assegura Hugo Oviedo, da KW, para além de haver pouquíssima oferta. Quanto mais houvesse, mais se arrendavam. Nuno Ferreira, da Era, diz que o que há ou é muito vocacionado para estudantes ou não é muito atractivo, tanto que até nos revelou que há muitos estudantes a procurar cada vez mais o alojamento local. 

2. Para rentabilizar ou habitação própria

Neste momento, há zonas que têm valores de mercados muito acima do que há uns anos e, apesar da pequena dimensão de Coimbra, num raio de 10km diferentes tipos de valores em termos de apartamentos com a mesma tipologia. Muitos prédios estão a ser reconstruídos em Coimbra para rentabilização, o que é muito bom porque deixam de haver aqueles espaços ocos, começamos a ter pessoas, comenta Nuno Ferreira.

3. Capitais próprios ou financiamentos bancários

Hugo Oviedo diz que é uma das primeiras coisas que pergunta aos clientes e garante que o
acesso a financiamentos foi outro dos factores a fazer os valores do mercado imobiliário dispararem em Coimbra.  

Como procurar?

1. Sites ou redes sociais

Alguns dos portais mais usados na internet são: RemaxEraCasa SapoBPI Expresso ImobiliárioImovirtualVeigas ImobiliárioCasa iolIdealistaCoisasOlxCusto Justo, Casa YesTartaruga Imobiliária, Homelusa Casas Prime. Também há os grupos nas redes sociais, como este e este. Mas numa altura destas acho que as pessoas devem sempre tentar esclarecer-se junto às empresas de mediação porque já começa a haver alguns outsiders e as coisas podem não bem, há riscos, alerta Nuno Ferreira. É como com os supermercados: podem consultar e não quer dizer que comprem lá, até porque depende muito da pessoa que se apanham, do profissionalismo, de vários factores.

2. Agência imobiliária 

Há 13 anos no ramo, Nuno Ferreira garante que o sector evoluiu muito, há bons e maus profissionais em todo o lado, mas tendo em conta que a mediação imobiliária é um conceito recente agora já não é amadora e mal vista. Hugo Oviedo destaca a importância de, por exemplo, agências como a sua valorizarem o histórico dos edifícios. Saber se tem hipotecas, se tem penhoras, se o condomínio vai fazer obras e o montante é elevado por ser o motivo que leva os proprietários a vender o imóvel, ter toda essa informação para os clientes compradores para que saibam o que estão a comprar, porque às vezes isso não acontece, conta. O agente diz que esse tipo de informação transmite confiança aos compradores, sejam locais ou não. Temos neste momento um grande fluxo de fora de Portugal, do Brasil e da Venezuela por exemplo, que se estão a instalar em Coimbra, não conhecem e muitas vezes são levados para bairros onde alguém de Coimbra não quereria ir viver - as pessoas acabam por se sentir levadas nessa conversa. 

Onde procurar?

1. Centralidade 

Nuno Ferreira diz que, em Coimbra, as pessoas cada vez mais querem zonas centrais, porque procuram mais para além de uma casa. Já quase ninguém faz ou compra uma casa a pensar na visita que vai ter de vez em quando, vivem mais o presente e pensam na proximidade às escolas, em evitar perdas de tempo do dia-a-dia, daí a questão da valorização do bairro. 

2. Zonas mais procuradas

Quinta da Portela, Solum e Bairro Norton de Matos, onde os valores acompanham a procura. Mas não diria que os preços estejam inflacionados, a oferta é que, sendo pouca, naturalmente faz o preço subir. Nuno diz que a tipologia de moradia é um produto único e por isso valorizado, e refere que os valores são tão díspares que vão dos 400€ aos 4000€ por m². Hugo Oviedo destaca que a zona é plana, tem muitos serviços já consolidados e sempre esteve na moda e cada vez maisO agente diz que o perfil dos moradores é de Coimbra, famílias na faixa etária dos 40 anos, ao contrário da Quinta da Portela onde falamos de pessoas na faixa dos 25 anos. Em 2010 ninguém queria lá morar mas neste momento é a única zona de Coimbra com apartamentos novos e a procura é grande, remata.

3. Características

Dependem de pessoa para pessoa, mas essencialmente a procura prende-se pelas áreas dos imóveis, a luz, os espaços como varandas, a localização, o estado do prédio, os acessos, a proximidade de escolas e serviços ou o estacionamento. Aos que dizem que, por exemplo, as áreas das casas em Coimbra são pequenas, Nuno Ferreira responde: se compararem com a Lousã são pequenas, se compararem com Lisboa são grandes e se compararem com Paris são gigantes. 

4. Futuro

Hugo Oviedo diz que a previsão é de que o mercado continue na base da estabilização por mais um ou dois anos e depois haja um novo aumento dos preços. Porque estão a ser construídos muitos prédios, a nível nacional, em Coimbra há 14 projectos de prédios novos a completar as obras, por isso, em média, 1 ano e meio a 2 anos que demorem a construir, será o tempo em que isto volta a valorizar novamente. 

 

Paulo Casimiro e Rui Silva
Remax Visão Coimbra

Fazem uma parceria de sucesso que se traduz em vários prémios ganhos a nível nacional, como o Clube 100% e o Clube Presidente pela Remax Portugal, entre vários outros. Se pensam vender um imóvel, esta dupla garante um estudo que permite ver sem custos qual o valor de mercado, ajuda a obter a documentação necessária e ainda todo o apoio nas várias etapas do processo. Paulo e Rui têm diversas propriedades em carteira, como esta excelente Quinta com piscina em Cernache e com um lote de terreno de 7200 m2 que podem ver AQUI.

COIMBRA

É uma cidade ideal quer para se morar, quer para se investir. Tem a vantagem de ser uma cidade média, não tendo os valores de compra de Lisboa e Porto, com boa oferta cultural, desportiva e de espaços verdes, excelentes serviços de saúde e escolas e ensino superior de referência - o que tem atraído também muitos estrangeiros para residirem.

RESIDÊNCIA PERMANENTE

Neste momento, as zonas que têm mais procura de apartamentos são a Solum, Vale das Flores, Celas, Bairro Norton de Matos e Quinta da Portela. Quem procurar moradias a preços mais baixos do que no centro tem opções válidas a poucos minutos da cidade, como Carvalhais e Mainça.

INVESTIDORES

Conseguem-se excelentes taxas de rentabilidade, tanto na compra de um apartamento para o colocar no mercado de arrendamento ou para fazer obras e colocá-lo à venda no mercado por um valor superior, como na compra de prédios inteiros para transformação em estúdios ou Alojamentos Local.

PUB

Contactos:  

Site | Facebook | Instagram
pcasimiro@remax.pt, 914 750 833 (telefone e WhatsApp)

Site | Facebook | InstagramLinkedin  | Twitter 
ramsilva@remax.pt, 932 168 193 (telefone e WhatsApp)

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.