Não é montagem: o Centro tem um dos melhores sítios do mundo para ver o céu

Cada vez é mais difícil encontrar um local onde possamos contemplar uma noite escura com um céu pintalgado de estrelas, planetas, galáxias, e nebulosas. Os melhores sítios para um serão ou uma madrugada de nariz apontado para o céu, a ver os astros, são os de maior altitude e com pouca poluição luminosa, afastados da cidade.

Desde o passado dia 18 de Julho, as Aldeias do Xisto receberam o certificado internacional Destino Turístico Starlight que comprova que aquela rede de aldeias, composta por 27 povoações distribuídas pelo interior da Região Centro, tem condições ideais para a observação astronómica e onde a poluição luminosa é controlada.

Mas afinal, o que é um Destino Turístico Starlight?

Como o nome indica, é um local com oferta turística adequada para receber todos os que busquem um céu estrelado.

Esta classificação foi atribuída pela Fundação Starlight que avalia a qualidade do ar, os meios para garantir sua protecção e ainda a existência de infraestrutura turística apropriada (alojamento, meios de observação disponíveis aos visitantes, pessoal treinado para interpretação astronómica, etc.), bem como a integração na natureza nocturna.

Foi assim que o Dark Sky Aldeias do Xisto (designação atribuída à candidatura apresentada pela Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto (Adxtur), em parceria com a Associação Dark Sky Alqueva) conseguiu tornar-se no segundo destino turístico português certificado internacionalmente pelas excelentes condições de visibilidade, transparência e escuridão do céu.

Em 2011, o Alqueva tornou-se a primeira região do mundo a obter o certificado atribuído pela fundação espanhola, uma das duas entidades internacionais que certificam áreas de dark sky.

José Brito, Miguel Claro e Paulo Fernandes entregaram a Pedro Siza Vieira uma imagem da Via Láctea, captada pelo astrofotógrafo Miguel Claro.

.A imagem captada por Miguel Claro revela um cenário de verão encantador onde o brilho da Via Láctea se ergue acima da Pampilhosa da Serra, no coração do Dark Sky Aldeias de Xisto. Podem consultar aqui a descrição e detalhes das estrelas, constelações e nebulosas captadas nesta imagem.

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Miguel Claro Astrophotography

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.