Se gostam de música improvisada vejam o que não podem perder aqui e agora

O ciclo Here & Now está acontecer no Museu Machado de Castro, Mosteiro de Santa-Clara-a-Velha e Salão Brazil. Não conhecem? É normal, porque é novo mas tem o cunho do Jazz ao Centro Clube (JACC), que dispensa apresentações no panorama musical de Coimbra. O ciclo de concertos dedicados à música improvisada decorre até 12 de Julho e resulta de uma parceria do JACC com a Cipsela Records. São vários concertos e um deles é bem especial. Dos próximos 3 espectáculos, destacamos In Igmauma encomenda da Fundação de Serralves ao compositor e baterista Pedro Melo Alves.    

O espectáculo conta com o contrabaixista Mark Dresser que, segundo o presidente do JACC e músico José Miguel Pereira, é um dos nomes mais importantes na evolução dos recursos associados àquele instrumento nas últimas décadas. Também a pianista Eve Risser e a voz de Beatriz Nunes (Madredeus) com instrumentação de Adbul Moimême e percussão do próprio Pedro Melo Alves. Além do concertos os artistas estão a gravar em Coimbra, no Salão Brazil. Em baixo têm o programa para os próximos dias:

Vicente/Gebruers
Govaert

10 Julho
18h30, Museu Nacional Machado de Castro

Luís Vicente, Seppe Gebruers e Onno Govaert têm partilhado palcos ao longo dos últimos três anos, apresentando-se em clubes e festivais na Bélgica, Holanda, Portugal, Polónia e Eslovénia. O único disco até à data, Live at Ljubljana, gravado gravado ao vivo no Sound Disobedience Festival, garantiu-lhes críticas muito favoráveis na imprensa especializada. 

Pedro Melo Alves 
IN IGMA


11 Julho
22h, Salão Brazil

Nos últimos dois anos, Pedro Melo Alves tem-se desdobrado em múltiplos projectos, fazendo com que seja praticamente impossível passar ao lado da presença do músico na cena artística portuguesa. Embora ancorado no jazz e música contemporânea, abraça também trabalho na área da música para dança e teatro. O In Igma que vem apresentar a Coimbra é a resposta ao desafio curatorial de Rui Eduardo Paes (Jazz no Parque , Fundação de Serralves) e convoca uma formação invulgar, com Aubrey Johnson, Mariana Dionísio e Beatriz Nunes (voz), Eve Risser (piano), Mark Dresser (contrabaixo), Adbul Moîmeme (guitarras preparadas), além da sua bateria e percussão. 

Marcelo dos Reis & Théo Ceccaldi

12 Julho
19h, Jardins do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha

Dois dos mais renomados músicos do Jazz e das músicas improvisadas da actualidade, o guitarrista português Marcelo dos Reis e o violinista francês Théo Ceccaldi encontram-se pela primeira vez em formato duo. A parceria, no entanto, tem já antecedentes, dado que ambos são metade do Chamber 4, grupo responsável, para a imprensa internacional, por um dos melhores discos de 2017. Podem reservar os bilhetes para todos os concertos via 239 837 078 ou adriana.avila.jacc.@gmail.com.

 

Texto: Filipa Queiroz e JACC
Fotos: João Duarte, Rita Carmo, Alessandro Damico (capa)

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.