Há quem diga que Coimbra não tem santos, mas tem Santa e vêm aí as Festas dela

A Rainha Santa Isabel morreu há 683 anos no dia 4 de Julho e a data é celebrada nos anos pares, com pompa e circunstância, há perto de 4 séculos, com inúmeras celebrações em honra da padroeira de Coimbra.

Este ano não é par, por isso não há programação religiosa, mas o 4 de Julho continua a ser Dia da Cidade e a Rainha Santa o rosto das Festas com as quais, de 29 de Junho a 7 de Julho, a Câmara Municipal celebra Coimbra. Vão ser 9 dias de espectáculos, a maioria gratuitos, entre outras actividades espalhadas por espaços emblemáticos como o Jardim da Sereia, o Parque Verde do Mondego, a Praça do Comércio, o Convento São Francisco e o Terreiro da Erva.

O cartaz musical é para vários gostos e idades, desde Rodrigo Leão a Tiago Nacarato, passando pelos The Black Mamba, Ana Moura, Miguel Araújo e HBM.

Também vão poder ver os projectos Na Cor do Avesso e Este Rio Imenso, o primeiro de canção e guitarra de Coimbra, com composições de António José Moreira, Carlos Filipe Cruz, Ricardo Dias, Jorge Cravo, Manuel Portugal e Pedro Nuno Lopes; o segundo, de comemoração da diversidade musical da terra, com direcção musical do Maestro Nuno Feist. Foi lançado o desafio a músicos locais de diferentes géneros para percorrerem repertórios inusitados e o resultado junta rock com canção de Coimbra, erudito com popular e pop com jazz. 

Concertos

29 de Junho - Rodrigo Leão, Jardim da Sereia
30 de Junho - Na Cor do Avesso, Jardim da Sereia
1 de Julho - Tiago Nacarato, Jardim da Sereia
2 de Julho - The Black Mamba, Praça do Comércio
3 de Julho - Ana Moura, Parque Verde do Mondego
4 de Julho - Este Rio Imenso, Convento São Francisco
5 de Julho - Miguel Araújo, Jardim da Sereia
6 de Julho - HMB, Parque Verde do Mondego 

 

Rodrigo Leão

Esteve para actuar nas Festas da Cidade do ano passado, mas a chuva impediu o concerto. Um ano depois, o músico volta a ser anunciado com o espectáculo O Aniversário para abrir as Festas no dia 29 de Junho, com entrada livre. É um espectáculo de celebração da carreira do compositor que começou a carreira a solo em 1993, ainda integrando os
Madredeus e Sétima Legião. Passados 25 anos, é colocado ao lado de compositores influentes como Ryuichi Sakamoto ou Ludovico Einaudi e aclamado como
um dos mais reconhecidos artistas portugueses. 

Ana Moura

Já é uma voz inconfundível do fado, que dizem que se passeia pela tradição livremente sem deixar de flirtar elegantemente com a música pop, alargando de uma forma muito pessoal o raio de acção da canção de Lisboa. A cantora ribatejana que se lançou na prestigiada casa de fados Senhor Vinho, de Maria da Fé, estreou-se em 2003 com o disco Guarda-me a Vida na Mão e desde então já ganhou vários prémios, cantou em sítios como o Carnegie Hall de Nova Iorque e colaborou com os The Rolling Stones. Actua no dia 3 de Junho no Parque Verde do Mondego, com entrada livre.

Miguel Araújo

Cantor, compositor e letrista de temas como Os Maridos das Outras, Quem és tu Miúda, Pica do Sete ou Balada Astral, é considerado um dos artistas mais completos da sua geração. Miguel Araújo tem conquistado reconhecimento no panorama da música portuguesa graças à carreira multifacetada e ecléctica. Após os álbuns Cinco Dias e Meio (2012) e Crónicas da Cidade Grande (2014), lançou em 2017 Giesta e são temas desse último disco, entre outros mais conhecidos, que traz ao Jardim da Sereia no dia 5 de Julho. A entrada é livre.

HMB

O nome é sigla de Héber Marques Band e é uma banda portuguesa de soul e funk, em actividade desde 2007. Constituída por Héber Marques (vocalista), Fred Martinho (guitarrista), Daniel Lima (teclista), Joel Silva (baterista) e Joel Xavier (baixista), estiveram nomeados várias vezes para o prémio Best Portuguese Act dos MTV Europe Music Awards. O Amor É Assim, com a participação vocal de Carminho, e Paixão, genérico da telenovela com o mesmo nome, são alguns dos temas mais badalados. Actuam no Parque Verde do Mondego no dia 6 de Julho e a entrada é livre.

 

The Black Mamba

A banda do universo do blues, soul e funk com uma adaptação ao habitat natural vem a Coimbra apresentar The Mamba King, o terceiro álbum de originais, que tem como singles StrongerBelieve. O grupo de Pedro Tatanka existe desde 2010 e tem-se afirmado como uma das mais enérgicas e entusiasmantes bandas portuguesas a actuar ao vivo. Já passaram por festivais e salas de norte a sul do país, e cidades como Londres, Filadélfia, Luanda, Madrid, Sevilha e Rio de Janeiro. No disco Dirty Little Brother colaboraram com nomes como Aurea, António Zambujo, Silk (Cais Sodré Funk Connection) e Orlanda Guilande. Actuam no dia 2 de Julho, na Praça do Comércio, com entrada livre.   

Tiago Nacarato 

Cantautor portuense com raízes brasileiras, está a produzir o primeiro disco de originais mas conta já com alguns concertos em Portugal e no Brasil. Integrou uma orquestra de guitarras e baixos elétricos a convite de Pedro Cardoso (Peixe, dos Ornatos Violeta), projeto que pisou palcos como Serralves em Festa, Hard Club ou Casa da Música, mas regressou às raízes brasileiras quando se juntou à Orquestra Bamba Social, um projecto que junta músicos luso-brasileiros residentes no Porto e que presta tributo a vários clássicos da música brasileira, recriando-os e acrescentando novas sonoridades. Actua no Jardim da Sereia dia 1 de Julho e a entrada é livre. 

 

Outras Festas

Para além da música está previsto fogo de artifício, exposições, visitas guiadas, exibições cinematográficas, animação de rua, folclore e etnografia, actividades desportivas e, claro, as comemorações oficiais do Dia da Cidade, a 4 de Julho. 

A última inclui a Feira da Doçaria da Rainha Santa Isabel e uma visita guiada sobre A Heráldica Municipal.

O programa detalhado está todo em baixo com os dias, horários e detalhes sobre cada evento, e também podem acompanhar tudo pela página oficial no Facebook.

Artigo patrocinado

*Artigo actualizado às 12:13, 27 Jun 2019

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Cristina Osorio
28.06.2019

Excelente