Há visitas mensais gratuitas para quem queira ver a lua, planetas e estrelas

Criado em 2013, o Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra (UC) fica precisamente na Rua do Observatório, em Santa Clara (Google Maps) e é um estabelecimento de ensino e de investigação que resulta da fusão entre o Observatório Astronómico da UC (fundado em 1772) e o Instituto Geofísico da UC (fundado em 1864).

Focado no estudo do Universo, o Observatório tem a missão específica de adquirir, preservar, processar, interpretar e disseminar informação a todas as escalas sobre o conhecimento e a exploração do Sistema Solar, principalmente nas suas componentes geofísica e astronómica.

Foi o primeiro Observatório nacional e, mais do que um local onde trabalham investigadores, é um espaço que tem as portas abertas ao público. Para além dos grupos de escolas ou outros grupos organizados que são recebidos durante a semana, todos os meses há uma visita guiada gratuita pelos 4 edifícios que compõem o Observatório. 

As visitas acontecem no 1.º Sábado de cada mês, pelas 10h30, com inscrição obrigatória e indicadas para crianças a partir dos 5/6 anos. Se decidirem aproveitar uma, podem fazer o percurso guiado por alguns dos fascinantes instrumentos astronómicos exibidos na colecção Museológica e ver como evoluiu o engenho do Homem até aos dias de hoje para melhor estudar os céus.

A sessão inclui também a visita ao grande Espetro-heliógrafo (uma máquina que tira diariamente fotografias ao sol desde 1926), acompanhada de uma descrição do funcionamento do Sol e de como é estudado, e de uma visita ao interior da Cúpula Astronómica - e caso as condições meteorológicas o permitam, vão poder observar o Sol pelo telescópio.

Há ainda uma sessão de Planetário que passa um filme sobre o Universo sempre narrado ao vivo pelo guia que acompanha a visita.

Mas há mais: para os que preferem a noite ao dia, todos os meses (dependendo, mais uma vez, das condições atmosféricas), o Observatório realiza observações nocturnas que também são gratuitas. Estas sessões realizam-se na 6.ª-feira mais próxima do quarto crescente da Lua, por volta das 21h30/22h até às 23h30/24h. Podem saber qual é a próxima na página do Facebook. Vale a pena estarem atentos porque para além das explorações ao Observatório há palestras e outras formas especiais de visitar o espaço. Em Junho e Julho, por exemplo, foi palco da peça de teatro A Fórmula de Deus apresentada pelo grupo Fatias de Cá

Texto: Joana Araújo
Fotos: Observatório Geofísico e Astronómico de Coimbra

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.