Já podem mandar vir a pulseira para os miúdos

Num minuto o miúdo estava ali e no outro já não estava. Quem nunca? O Programa ESTOU AQUI!® 2019 da Polícia de Segurança Pública foi criado para ajudar crianças perdidas. É uma pulseira gratuita, para crianças dos 2 aos 10 anos, que se encomenda aqui preenchendo um formulário e indo depois buscá-la a uma esquadra à escolha.

Segundo as autoridades, a pulseira de tecido, que é pessoal e intransmissível, é feita de um material bem resistente e dura cerca de 1 ano no pulso. O que é ela faz exactamente? Tem um código alfanumérico escrito e a inscrição Call/ LIGA 112, o que permite, no caso de a criança se perder, chegar ao contacto com os pais, educadores ou tutores. Funciona em todos os Países da União Europeia que tenham como número de emergência o 112.

No ano passado o programa abrangeu mais de 80 mil crianças e este ano fizeram-se algumas alterações para permitir que mais famílias possam usufruir da solução, como facilitar a entrega. Ficam disponíveis alguns dias depois de fazerem o pedido mas há um prazo para as levantarem, a inscrição é anulada se se atrasarem.

O Verão é mais propício, porque o risco de crianças se perderem é maior quando se alteram as rotinas, estão em locais diferentes ou com muitas pessoas como praias ou centros comerciais, mas a pulseira pode ser usada no dia-a-dia, naturalmente.

As autoridades recordam algumas regras básicas no website, como manter um diálogo aberto e apropriado à idade das crianças, encorajá-las a contar com quem brincaram e informarem-vos antes de irem a algum lado. Também convém terem o hábito de combinar antecipadamente um sítio fácil de identificar no caso de se perderem quando estiverem num lugar público. E vocês, adultos, ponderem usar roupas com cores vivas e fortes e/ou chapéus para ser mais fácil para eles localizarem-vos.

O que devem fazer quando uma criança desaparece? Tentar manter a calma, ir até ao último lugar onde a viram ou para um sítio onde possa estar (as crianças pequenas são normalmente atraídas por balões, água, música, etc.), ligar para o 112, falar com a Polícia e avisar, caso a criança tenha pulseira.

A polícia assegura que, assim que recebe o aviso, a criança passa a ser a primeira prioridade das autoridades.

Mais vale prevenir do que remediar, certo?

 

Texto: Filipa Queiroz
Foto: Site oficial

 

PROGRAMA ESTOU AQUI
Contactos: 218 111 087 (das 10:00 às 13:00 e das 14:00 às 17:00), estouaqui@psp.pt

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.