COOLTURA

O que é que aconteceu a Coimbra em 1974? Vem aí um roteiro revolucionário

Dia 4 de Maio o investigador Pierre Marie faz um Roteiro do 25 de Abril na cidade e é gratuito.

É muitas vezes retratado a partir de Lisboa, e é verdade que aconteceu sobretudo lá, mas também é verdade que se sentiu em todo o país, diz-nos Pierre Marie. O investigador, em pós-doutoramento no Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, está a ultimar o Roteiro do 25 de Abril em Coimbra. Dia 4 de Maio, vai partir da Rua Antero de Quental e seguir pela Praça da República e Avenida Sá da Bandeira até à Baixa, explicando o que é que aconteceu e o que é que mudou com a Revolução dos Cravos.

A ideia é falar sobre as manifestações e os comícios políticos, as eleições e as ocupações de prédios e tensões, mas também as conquistas e os pouco falados movimentos populares. As comissões de moradores eram muito importantes e criaram algumas instituições que ainda existem, disse-nos o investigador francês, a viver em Coimbra há 7 anos. Conversámos com ele no Centro de Documentação 25 de Abril, entre documentos de arquivo e fotografias da épocaVamos usar estes materiais e vamos usar a cidade, frisou.

O objectivo dos Roteiros do 25 de Abril em Coimbra é questionar a cidade que se vivia em 1974 e as mudanças que a Revolução dos Cravos permitiu na vida dos conimbricenses. Faz parte do 25AprilPTLab – Laboratório interativo da transição democrática portuguesa, do Centro de Documentação 25 de Abril, que visa criar uma plataforma de auxílio aos professores na actividade lectiva.

fullsizeoutput_c62
Biblioteca do Centro de Documentação 25 de Abril

O Centro de Documentação 25 de Abril está aberto ao público todos os dias úteis, das com um acervo bibliográfico catalogado e disponível online aqui. Depois há muitos arquivos privados, temos quase 400 doadores, e uma zona de arquivos para os investigadores mais especializados, explicou-nos Natércia CoimbraOs papéis e objectos das pessoas às vezes perdem-se, porque as famílias nem percebem o valor que têm, e essa é a nossa marca desde o início, nascemos vocacionados para os arquivos políticos privados, continuou.

A coordenadora técnica do Centro desde 1985 também destaca a importância das visitas de escolas, que se esforçam por promover. As crianças adoram porque há aqui um lado de aventura, primeiro contamos a história de forma mais sintética e depois fazemos jogos sobre a censura ou como a caça ao tesouro, e explicamos a forma como conservamos as coisas e importante papel da preservaçãocontinuou.

O blusão que o ex-militar português e principal estratega da Revolução dos Cravos, Otelo Saraiva de Carvalho, usou quando estava no posto de comando da Pontinha, é uma das pérolas que se pode ver no Centro. Bem como o mapa, onde ia assentando as unidades que iam rendendo na madrugada do Dia da Liberdade. Mas também há centenas de cartazes, pins para pôr na lapela, filmografia, banda desenhada, discos, etc.

Até ao fim do mês, podem ver a exposição, Caminhos Que Abril Abriu, de Susana Paiva, com fotografias captadas em Paris na década de 70, e objectos do chamado kit do falsificadorque serviam para falsificar documentos das pessoas que viviam na clandestinidade. Une-as a pertença a um mesmo tempo e a um mesmo mundo, quando a luta por obter uma vida melhor se cruzava com o difícil combate dos homens e das mulheres que preparavam um país mais livre, nas palavras do director, Rui Bebiano.

Também podem ver o documentário O Salto (15′), de Luís Godinho, no mesmo local, que conta a história de 17 jovens de Évora que, influenciados pela contracultura dos anos 1960 e insatisfeitos com o regime, decidem emigrar. E aqui está a programação das restantes comemorações do 25 de Abril um pouco por toda a cidade de Coimbra.

 

4 MAI | 10h -13h | ROTEIRO DO 25 DE ABRIL EM COIMBRA
Ponto de encontro: Rua Antero de Quental, Monumento ao 25 de Abril em Coimbra (em cima, na foto de capa)
Inscrições: pierremarie@ces.uc.pt
Gratuito

2ª a 6ª | 9.30h – 12.30h | 14h30h – 17h30 | CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO 25 DE ABRIL
Colégio da Graça – Rua da Sofia 138, Coimbra
Contactos: 239 853 649, 239 855 589, ces@ces.uc.pt
Site

 

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.