Vai haver um Game of Tunas por quem chora lágrimas de amores

Portugal bateu recentemente novos recordes, em 2 meses morreram mais de 10 mulheres vítimas de violência doméstica. Sim, está escrito morrer, e o número refere-se a mulheres assassinadas por namorados, maridos, ex-companheiros ou outros familiares.

A violência doméstica é um dos crimes mais cometidos em Portugal e Coimbra é uma das zonas com maior número de casos, tanto que abre este mês um novo Gabinete de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica ou de Género no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP).

Além das autoridades, há outras entidades que ajudam como podem, e vocês podem ajudar também. A Tuna da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, por exemplo, vai doar os lucros do festival VII Lágrimas de Amores deste ano à Comunidade de Inserção Renascer da Cáritas Diocesana de Coimbra. Há mais de 1 década que a instituição apoia mulheres, dos 16 e 45 anos, acompanhadas ou não dos filhos, em situação de vulnerabilidade e que precisam de apoio para a integração social e mesmo profissional. 

O VIII Lágrimas de Amores inclui a competição Game of Tunas (brincadeira com o nome da série Game of Thrones), em que as tunas concorrem pelo Trono Coraleiro, e há um passatempo a decorrer, como podem ver aqui. O festival, que comemora os 25 anos do Coral Quecofónico do Cifrão, vai ser no dia 13 de Abril, no Teatro Académico Gil Vicente, às 21 horas. Quer os organizadores quer a Cáritas convidam toda a comunidade a aparecer e desfrutar de uma noite cultural, ao mesmo tempo que apoiam a causa das vítimas de violência doméstica na região.

A Cáritas aloja e ajuda vítimas de violência doméstica com necessidades básicas, promove o desenvolvimento estrutural das pessoas/famílias e aquisição de competências básicas e relacionais, dá apoio social, psicológico, jurídico e socioeducativo. O Coral Quecofónico do Cifrão nasceu em Novembro de 1993, através da Tesoural Tertúlia Irmandade das Sombras, um grupo de amigos que tinha por hábito fazer serenatas às suas donzelas pelas ruas de Coimbra. Ao longo do tempo foram crescendo e compondo músicas originais, têm um disco editado e organizam há 7 anos o festival que junta coraleiros, antigos coraleiros e fundadores. 

.

.

13 ABR | 21H | VII LÁGRIMAS DE AMORES
Teatro Académico de Gil Vicente, Praça da República – Coimbra
Site | Facebook
Contactos: coral.quecofonico.cifrao@gmail.com

 

 

 

 

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.