PASSEIOS

Já entraram num moinho?

É uma oportunidade única por ocasião da iniciativa "Moinhos Abertos".

Nos dias de hoje, com a industrialização e com os novos processos de moagem, os moinhos perderam a sua missão principal mas continuam a ser locais mágicos e que despertam a curiosidade de quem passa. Embora muitos tenham ficado em ruínas, nos últimos anos tem sido feito um esforço para que sejam recuperados.

A nossa sugestão para o fim-de-semana é de verem de perto o conjunto de moinhos que se encontram concentrados em três núcleos museológicos no alto das serras de Penacova, um dos concelhos com maior concentração de moinhos de vento na Europa. Comecem pela serra da Atalhada, sigam para Portela da Oliveira e organizem-se para um pôr do sol na serra de Gavinhos, onde podem fazer um piquenique. Preparem-se para um entardecer com uma luz especial e uma vista para as encostas das serras que tornam o passeio memorável.

Não pensem que vão só ver os moinhos por fora (se bem que seria já razão suficiente para o passeio) – é que nos dias 6 e 7 de Abril celebramos os Moinhos Abertos, uma iniciativa que procura chamar a nossa atenção para o inestimável valor patrimonial dos moinhos tradicionais. O conceito é simples: por ocasião do Dia Nacional dos Moinhos (que se assinala no dia 7 de Abril), dezenas de moinhos de todo o país vão funcionar ao mesmo tempo e estão abertos ao público para acesso livre.

Na Portela da Oliveira, realizam-se visitas guiadas gratuitas ao Museu do Moinho e ao Moinho Vitorino Nemésio (às 12h, nos dias 6 e 7 de Abril). Na serra de Gavinhos, os moinhos podem ser vistos durante o fim-de-semana.

Este evento, organizado pela Rede Portuguesa de Moinhos, acontece todos os anos desde 2007 e também serve para identificar problemas e oportunidades, germinar projetos e ideias, ou mesmo para levar a cabo pequenas beneficiações (limpezas, pinturas, consertos de coberturas, etc.) com a participação de activistas e visitantes que queiram ajudar a preservar os moinhos.

Se o tema vos interessa, podem experimentar seguir a Rota dos Moinhos, um roteiro que passa por Peniche, Cadaval (Serra de Montejunto), Lourinhã, Torres Vedras, Sobral de Monte Agraço, Arruda dos Vinhos e Alenquer. Existem cerca de 26 moinhos de vento e 6 azenhas recuperados e alguns deles estão mesmo em condições de moer os cereais tal como era habitual há centenas de anos. Outros são lojas de artesanato, museus, alojamentos de turismo rural ou locais de produção de energia eléctrica. Mas todos eles mantêm viva a memória de uma tradição que marcou não só a paisagem, mas toda a cultura da região.

gavinhos

 

6 E 7 ABRIL | MOINHOS ABERTOS
Portela de Oliveira e serra de Gavinhos, Penacova (e em vários outros locais do país)
Contacto: 927 964 304

 

 

 

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.