Não andem a dormir e saibam o que estão a perder no vale dos lençóis

Viver melhor, comer melhor, sentirmo-nos mais equilibrados, com mais energia e mais vida social, evitarmos doenças que nos empurram para a cama sem ser para dormir, é o que todos queremos, certo? Mas, sabem que para conseguirem isso, às vezes basta dormir bem? E não é só a Ciência que o diz, a religião também, está na Bíblia, na Tora e no Corão que a qualidade do sono é muito importante, tão importante como comer bem ou fazer exercício físico. Além de que dormir mal pode, mesmo, causar várias doenças.

Dia 15 de Março é Dia Mundial do Sono e a Associação Portuguesa do Sono vai juntar na mesma mesa, em Coimbra, cientistas e representantes do Judaísmo, Cristianismo e Islamismo para falarem sobre o assunto. E mais, além do surpreendente debate sobre sono e religião, a inciativa Dormir bem, envelhecer melhor, que é feita em colaboração com o Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra (CNC-UC), inclui outras actividades a partir de assuntos como a higiene do sono das crianças e adolescentes, a síndrome da apneia do sono e a importância de um bom sono para um bom envelhecimento.

Vai ser no Auditório do Conservatório de Música de Coimbra e a entrada é livre. Começa às 14h30 com a entrega de prémios de um concurso, continua com uma conversa com especialistas sobre O sono ao longo da vida, às 16h a performance teatral A máquina dos sonhos da companhia Marionet e, pelas 16h30, o debate Religião e Sono com Carolino Tapadejo, Cláudia Cavadas, David Munir, Isaías Hipólito e Joaquim Moita.

“A Medicina do Sono é uma área do conhecimento com cerca de 50 anos. Hoje, é uma especialidade médica com desenvolvimentos brilhantes (…) Ora, a religião, sendo uma emanação de hábitos e culturas dos povos e da sua adaptação ao ambiente onde vivem, traz-nos múltiplos ensinamentos fascinantemente correctos sobre o sono, antecipando por milhares de anos a ciência moderna (…) A sesta está patente em textos sagrados (…) As últimas orações, após o pôr-do-sol, representam um ponto de ruptura com a actividade do dia e a preparação para o sono (…) Enfim, Deus não dorme, mas cuida que a humanidade o faça.”

Joaquim Moita | Pres. Associação Portuguesa do Sono

15 MAR | 14H30 | DIA MUNDIAL DO SONO
Auditório do Conservatório de Música de Coimbra, Rua Pedro Nunes – Coimbra
Site
Contactos: geral@apsono.com | 211 316 527

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.