Orquestra Académica, João Só, teatro e ritmos quentes a aquecer ainda mais o fim-de-semana

SEX | 1 MAR

 

PLANETÁRIO
10H | Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra

Sessão de comemoração da Viagem de Fernão de Magalhães, faz parte da programação da 21ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra. Vai ser uma simulação do céu que orientou o caminho aos navegadores e transmissão dos conhecimentos astronómicos que facilitaram a descoberta dos oceanos. A inscrição é obrigatória aqui.

INSTALAÇÃO
10H | Museu da Ciência da Universidade de Coimbra

Luzia, do artista brasileiro Felippe Moraes, integra a programação da Semana Cultural da Universidade de Coimbra e faz menção ao crânio de Homo Sapiens mais antigo encontrado no continente americano. Com cerca de 12.500 anos e conhecida como a primeira brasileira, foi perdida no criminoso incêndio do Museu Nacional do Brasil em setembro de 2018. A projecção no Museu da Ciência evoca seu nome quase como um fantasma. A sua presença habita os corredores dos crimes contra a ciência e fala de uma perda científica e simbólica irrecuperável.

MÚSICA
21H30 | TAGV

Concerto Velhos e Novos Caminhos, de abertura da 21ª Semana Cultural UC, com a Orquestra Académica da Universidade de Coimbra, em colaboração com o maestro Tiago Oliveira. A vida faz-se de caminhos. As mais pequenas escolhas levamnos para o desconhecido, longínquo e por vezes inalcançável caminho com destino ao amanhã. Uma obra musical é, também, um caminho: é o percurso que o compositor traçou desde o motivo gerador, de melodia trauteada e ritmo incerto, até à forma final e majestosa de uma sinfonia. Como o derradeiro caminho da vida, estes caminhos musicais são percorridos com avanços e recuos, por curvas e contracurvas, mas sempre repletos de desenvolvimentos inesperados. Neste concerto, a Orquestra Académica da Universidade de Coimbra explora caminhos escritos por compositores d’aquém e d’além mar, e navega pela rota traçada por Dvorák na sua demanda pela descoberta do Novo Mundo. Os bilhetes custam 10€ (com desconto para < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias) e 5€ para estudantes UC e elementos da OAUC.

TEATRO
21h30 | Teatro da Cerca de São Bernardo

Reposição da peça Cinzas…, de que falámos aqui. É um espectáculo com encenação Rogério de Carvalho e textos de Harold Pinter interpretado por Igor Lebreaud, Maria João Robalo, Miguel Magalhães, Ricardo Kalash e Sofia Lobo. montagem e operação técnica Rui Valente e Zé Diogo. É recomendado a maiores de 16 anos. Preços: 10€ (bilhete normal), 6€ (estudantes, jovens, profissionais e amadores de teatro) e 5€ (entidades protocoladas, funcionários da CMC, Quintas-Feiras). Para informações e reservas contactem via 239 718 238, 966 302 488 ou geral@aescoladanoite.pt.

 

MÚSICA
22H | Salão Brazil 

João Só apresenta a tour Só 10 Anos, que celebra uma década de carreira. O músico de Coimbra, que aos 9 rumou a Lisboa e ouve de tudo mas faz questão de cantar e compor em português, tem como influências bandas como os Beatles e os GNR, passando por nomes como Sérgio Godinho, Tom Petty, Rui Veloso, Elliot Smith, Quarteto 1111, Los Hermanos, Elvis Costello e Jorge Palma. Começou a compor aos 15 anos, fez parte dos Abandonados, cantou com Lúcia Moniz, formou uma dupla com Miguel Araújo, fez parceria com Nuno Markl no projecto Dr. Paixão & Dr. Só e em 2018 regressou com uma compilação que reúne os melhores temas, alguns novos e reinterpretações. O bilhete custa 9€ e está à venda aqui e nas lojas parceiras.

MÚSICA
22H | Liquidâmbar

Três amigos de longa data reencontram-se para revisitar a música com que cresceram juntos, ou seja, a música improvisada, usando também agora a electrónica, com o intuito de filtrar o som que lhes sai do corpo e da alma através das suas vozes e instrumentos. Esta é a Primeira Sessão Imediata de 2019, expressão mais directa das criações do colectivo artístico Ato Imediato. Com José Serrano (trompete, voz e electrónica), João Mortágua (saxofones, voz e electrónica) e João Cação (contrabaixo, baixo elétrico e electrónica).

MÚSICA
21H | Café Santa Cruz

Desconcertuna actua inserida na 10ª edição do Festival (Re)Cordas. Este ano o festival de tunas do grupo académico da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (FPCEUC) está associado à Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM).

 

SÁB | 2 MAR

 

MÚSICA
15h30 | Casa de Chá
21H |Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV)

Desconcertuna actua inserida na 10ª edição do Festival (Re)Cordas. Este ano o festival de tunas do grupo académico da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (FPCEUC) está associado à Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM). No TAGV, o espectáculo é pago e a Desconcertuna convida outras tunas para subirem ao palco numa troca intercultural. Os bilhetes custam 4€ e 3€ (estudantes) e estão disponíveis no TAGV e nos Claustros da FPCEUC, sendo que 0,50€ de cada bilhete reverte a favor da APPACDM.

MÚSICA
22H | Salão Brazil

Wojtek Justyna TreeOh – o funk e os ritmos da música africana são as fontes primárias que alimentam o grupo formado na Holanda pelo guitarrista polaco Wojtek Justyna. Fazem parte do grupo outros músicos de vários pontos da Europa, que confluíram para Amesterdão, cidade conhecida pela sua cena musical particularmente rica. O baixista é o austríaco Daniel Lottersberger, o baterista é o alemão Alex Bernath, e na percussão encontramos o percussionista português Diogo Carvalho (que também toca teclados). Os bilhetes custam 6€ aqui e nas lojas parceiras ou 7€ à entrada no próprio dia.

MÚSICA
22H | Liquidâmbar

Quarteto Natacha Husson. Natacha, Paulo Silva (bateria), Rui Alvarez (contrabaixo) e Patrick Caldwell (piano) convidam a animar a noite ainda fria de Março com ritmos quentes e sabores tropicais do país do carnaval.

TEATRO
21h30 | Teatro da Cerca de São Bernardo

Reposição da peça Cinzas…, de que falámos aqui. É um espectáculo com encenação Rogério de Carvalho e textos de Harold Pinter interpretado por Igor Lebreaud, Maria João Robalo, Miguel Magalhães, Ricardo Kalash e Sofia Lobo. montagem e operação técnica Rui Valente e Zé Diogo. É recomendado a maiores de 16 anos. Preços: 10€ (bilhete normal), 6€ (estudantes, jovens, profissionais e amadores de teatro) e 5€ (entidades protocoladas, funcionários da CMC, Quintas-Feiras). Para informações e reservas contactem via 239 718 238, 966 302 488 ou geral@aescoladanoite.pt.

TEATRO
21H45 | Teatro Loucomotiva

Operação Delta, a cargo dos actores Tiago Santos e João Marcelino. Num café ao lado do café central encontra-se o café do lado, um espaço catita, acolhedor, amado por todos, odiado por ninguém. O dono do café, conhecido como “O Patrão”, é um senhor impecável, apaixonado pela arte de servir e sempre disposto a ajudar. Os empregados, de tão prestáveis e simpáticos, vão fazê-lo pegar na carteira, prontíssimo a deixar a tão merecida gorjeta. Os aromas frescos que habitam o café vão surpreendê-lo. Bilhetes: 5€ geral | 3€ formandos. Contactos: 913 906 597 | 916 548 844 | 239 982 452  e geral@teatrotaveiro.com.

 

 

 

 

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.