Quem tem boca vai a Roma mas tirem 2h e comecem por este museu em Condeixa

Logo à chegada entram literalmente num Túnel do Tempo. Recuam milhares de anos, até ao século 8 a.C., e começam a passear pela História da incrível civilização e império romanos de mãos dadas com a tecnologia. Mas o Museu PO.RO.S., em Condeixa-a-Nova, não é só para ver, é para mergulhar na época romana através de, pelo menos, outros 3 sentidos. Foi distinguido com o grande prémio Heritage in Motion 2018, que elege os melhores projectos culturais multimédia da Europa.

O nome PO.RO.S. vem de Portugal, Romano e Sicó, a serra que fica na Beira Litoral e cujas Terras de Sicó são os concelhos de Alvaiázere, Ansião, Condeixa-a-Nova, Penela, Pombal e Soure, onde os romanos chegaram há cerca de 2 mil anos. Em 2017, a Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova transformou o antigo solar da Quinta de São Tomé em espaço museológico que, mais do que uma aula de História, é um espaço lindo, moderno, lúdico, e que desperta o interesse para a incontornável Conímbriga. 

Ideal para crianças mas irresistível também para qualquer adulto, o museu aborda o Império Romano fazendo sempre a ponte com a actualidade, e não priva o visitante de rotinas e curiosidades que talvez vocês não conheçam. 

 

 

Na ala dedicada ao casamento e sexualidade, por exemplo, podem espreitar por buracos de fechaduras e descobrir a vida íntima e privada da época. É isso e perceber a nossa interminável herança em áreas tão distintas como a língua, cultura, religião, arquitetura, filosofia ou lei. Sem grandes lençóis de literatura, pelo museu tanto podem experimentar o peso de uma armadura de um legionário como tocar num mosaico, perceber de onde vêm as telhas e ouvir um romano a conversar no Fórum.

Conseguem imaginar como seria Conímbriga se estivesse intacta? Não precisam. No museu podem ver isso e muito mais, divertindo-se a descobrir que se todos os caminhos vão dar a Roma muitas das invenções, técnicas e expressões que usamos hoje em dia vêm dos romanos. É que nem os graffitis nem a fast-food se safam. Quando acabarem a visita, não deixem de tomar qualquer coisa na Cafetaria. O PO.RO.S está integrado no Parque Verde da Ribeira de Bruscos que tem um parque de merendas, parque infantil, jardins, campos de treinos para diversas modalidades, ciclovia, anfiteatro, campo de minigolfe e outras zonas de lazer.

 

Como dissemos em cima, o museu tem-se afirmado como um importante recurso complementar a uma visita às ruínas de Conímbriga. Segundo informaram a Coolectiva, já há uma carrinha que faz gratuitamente a ligação entre o museu municipal e o monumento nacional, às 14h sentido Conímbriga - PO.RO.S. e às 16h sentido PO.RO.S. - Conímbriga. E quem tiver bilhete do PO.RO.S. tem 20% de desconto na compra da entrada em Conímbriga.

O PO.RO.S fica na Quinta de S. Tomé, no nº 41 da Av. Bombeiros Voluntários de Condeixa-a-Nova, 41. No Verão está aberto de 3ª a Domingo das 10h às 19h e no Inverno das 10h às 18h. Encerra à 2ª feira.

 

Texto e fotos: Filipa Queiroz

*A Coolectiva agradece a disponibilidade e simpatia dos funcionários do Museu que incluiu uma visita guiada

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.