Este fim-de-semana vai ter várias estrelas

6ª | 15 FEV

 

OBSERVAÇÃO NOCTURNA (SOLIDÁRIA)
19H | Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra

Em prol das crianças do Lar de S. Martinho Oficial – Obra do Padre Serra, em S. Martinho, podem ir observar as estrelas e ajudar quem precisa. A entrada é gratuita e não requer inscrição, só têm de levar bens alimentares frescos (fruta, legumes, iogurtes) para contemplarem estrelas e descobrir mais sobre os planetas ajudando ao mesmo tempo as crianças carenciadas.

.
.
MÚSICA
22h | Salão Brazil 

Cameron Stallones regressa ao Salão com o novo disco Activated Clown, gravado enquanto S. Araw Trio XIII. Embora Sun Araw tenha começado como um veículo para trabalho a solo de Cameron, são cada vez mais os discos e concertos que têm incorporado outros músicos, de tal forma que é possível encontrarmos múltiplas referências à Sun Araw Band ou Sun Araw Trio. Os ensembles mais alargados têm dado lugar a grupos com designações próprias (Turban Chopsticks, Duppy Gun, The Celebrate Music Synthesizer Group), e o trio tem sido um formato trabalhado em vários discos (com o selo da Drag City). Dada a contínua expansão do universo de Cameron Stallones e apesar desta tour ibérica coincidir com o lançamento de Activated Clown, não é certo que venha a ser um concerto de apresentação desse trabalho (gravado ao vivo em Braga). É um dos momentos mais aguardados da programação do primeiro trimestre de 2019 do Salão.

 

SÁB | 16 FEV

 


EXPOSIÇÃO + CONVERSA

16H30 | Centro Cultural Penedo da Saudade

Gonçalo Cadilhe, escritor da Figueira da Foz, autor de três documentários televisivos e vários livros de viagens, partilha a sua volta ao mundo seguindo as viagens de Fernão de Magalhães. Nos 500 anos da primeira circum-navegação, a vida e os feitos do maior navegador português da História serão evocados pelo escritor-viajante Gonçalo Cadilhe numa sessão informal onde a figura de Magalhães será transportada para o presente através das peripécias que o autor experienciou durante a viagem.

 

EXPOSIÇÃO + CONVERSA
16H | Café Santa Cruz

Inauguração de Ser: the Unseen, de Maria João Damas Morais, uma reflexão acerca da relação entre a crise económica vivida nos últimos anos, o seu impacto e a intervenção social suscitada. No dia da inauguração haverá uma conversa/ reflexão com Joana Guerra, Joana Nogueira, Paulo Anjos, Sónia Guadalupe, Clara Cruz Santos, João Doce, Paula Duarte. Entrada Livre

OFICINA
16H | Convento São Francisco

Oficina de danças de raiz tradicional portuguesa que explora o repertório de Norte ao Sul do país, com Ana Silvestre. É recomendado a maiores de 12 anos e/ou todos os interessados com ou sem experiência em dança. Vai ter cerca de 1h30 e custa 5€ (com desconto para estudantes, maiores de 65 anos e grupos a partir de 10 pessoas). Os bilhetes compram-se na bilheteira do Convento São Francisco.


EXPOSIÇÃO
17H | Círculo de Artes Plásticas de Coimbra

Artista João Ferro Martins conecta palavras ligadas à música a ciclos e rotinas. A exposição Fermata estará patente no Círculo Sede, na Rua Castro Matoso, n.º 18, e pode ser visitada até ao dia 27 de abril, de 3ª a sábado, das 14h às 18h, com entrada livre. O trabalho de João Ferro Martins centra-se na composição tridimensional e em questões relacionadas com a pintura e a música, também desenvolve acções que envolvem teatro, performance e fotografia e desde 2013, produz temas sonoros e originais para teatro e filme. Fermata vem do italiano parada que é um termo que se refere à suspensão na notação musical. As obras expostas foram criadas em 2019 e resultam de conceitos como pausa, espera, respiração, silêncio e invariabilidade. No Círculo da Sereia, no piso -1 da Casa Municipal da Cultura, também podem ver até ao dia 23 de Março a exposição A shot in the eye – uma crónica da tentativa do artista Eduard Arbós (Barcelona, 1959) não perder definitivamente o olho direito, também visitável de 3ª a sábado, das 14h às 18h.


MÚSICA

22H | Salão Brazil 

Concerto de Chalo Correia Trio com dj set a seguir de Inês Rodrigues. Chalo nasceu em Angola e reside em Portugal. Depois de lançar Kudihohola em 2015, Chalo Correia passou a circular primeiro em círculos lisboetas e, nos últimos tempos, um pouco por todo o país e Europa. A rebita, kilapanga e o semba são omnipresentes portanto vai-se dançar e muito. Inês Nascimento Rodrigues vai garantir que a pista permanece quente depois do concerto.

 

DOM | 17 FEV 

 

DANÇA
17h | Convento São Francisco

A Viagem, da coreógrafa Filipa Francisco, é um espectáculo com grupos de Dança Tradicional Portuguesa e bailarinos de Dança Contemporânea. Insere-se no projecto de programação patrimonial e cultural em rede Coimbra Região de Cultura, promovido pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra. Em cada município apresentado, o espectáculo envolve um rancho folclórico local, colocando em diálogo e confronto a dança contemporânea com o folclore e as danças tradicionais. Em Coimbra será o Grupo Folclórico e Etnográfico do Brinca – Eiras e o Grupo Folclorico e Etnográfico de Cova do Ouro e Serra da Rocha. A entrada é gratuita mediante levantamento prévio de bilhete, até ao máximo de 4 bilhetes por pessoa, na Bilheteira do Convento São Francisco (15h – 20h). Não são aceites reservas.

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.