ECO

Qual é coisa qual é ela que parece fofinha mas é um perigo e pode ser fatal para os vossos bichos?

Até Maio pensem 2 vezes antes de soltarem os cães e aproximarem-se de um pinheiro
Depois da vespa asiática é hora de terem muito cuidado com a lagarta do pinheiro. Aquela lagartinha cheia de pêlos, preta e amarelada, que normalmente anda em grupo e fila indiana junto à árvores, é bem perigosa. Além de atacar os pinheiros e os cedros, provocando danos nas árvores, ela é considerada uma ameaça à saúde pública quando aparece perto de locais habitados ou frequentados por pessoas e animais domésticos.
.

Até Maio, observem bem antes de se aproximarem de pinheiros e evitem que crianças e cães, por exemplo, se aproximem para brincar. Se tocarem nas lagartas vão ficar com irritações na pele, nos olhos e no aparelho respiratório, podem até sentir fraqueza e vertigens, e no caso dos cães pode pôr em risco a própria vida do animal.

Como?

Os cerca de 100 mil pêlos urticantes das lagartas do pinheiro funcionam como agulhas e injectam substâncias tóxicas na pele ou mucosas. Segundo a Direção-Geral da Saúde os ataques têm aumentado por causa das condições climáticas, com o tempo mais quente os insectos abandonam os ninhos em forma de novelo de seda nas copas das árvores e descem numa espécie de procissão para se enterrarem no solo. Aliás, são conhecidas como processionárias e o alerta é válido para todo o país e todas as espécies de pinheiros.

O que fazer?
.
..– Se virem um ninho queimem-no, com os devido cuidado porque os fumos da combustão também são tóxicos;- Se sentirem prurido na pele, prurido ocular, espirros, dificuldades respiratórias, náuseas, vómitos, sensação de desmaio ou outras manifestações associadas liguem para o SNS 24 ou vão até à unidade de saúde mais próxima;-Não ponham pomadas nem tomem medicamentos, passem apenas água na zona afectada para aliviar os sintomas que, geralmente, desaparecem em menos de 24 horas;

-Lavem a roupa que tenha entrado em contacto a altas temperaturas (maior ou igual a 60ºC).

lagarta1.jpg

 

 

One comment

  1. Sempre lidei com este insecto e nunca tive problemas. Hoje há tantos meninos de copo de leite que têm medo de tudo, e tudo fazem para amedrontar os outros.
    Cheguei a pegar este insecto e esfrega-lo num braço e nada acontecer.
    Pessoas alérgicas, sempre houve, mas isso não quer dizer que tenhamos de ser alérgicos à mesma substância.

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.