Como compensar os exageros destes dias?

Perderam a conta às rabanadas, fatias de bolo-rei, sonhos, mousses, chocolates e bombons, para nem falar das vezes que repetiram o bacalhau, o polvo, o leitão e marisco, sem esquecer aquelas tábuas de queijos que estavam mesmo a pedir umas trincas?

A nutricionista Maria João Campos deu-nos algumas estratégias para que o nosso organismo não se ressinta em demasia depois das comezainas natalícias. Desde logo, podemos brincar com a chamada compensação energética para prevenirmos os excessos à mesa: nos dias seguintes aos exageros, devemos fazer uma alimentação de mais baixa energia e usar e abusar dos hortícolas, chás e infusões e de água. São alimentos e bebidas que nos ajudam a fazer uma eliminação adequada de todos os excessos.

Outra dica preciosa é optar pela fruta em vez dos doces fora das refeições mais tradicionais, já que também este grupo de alimentos tem uma importância fulcral no equilíbrio do nosso organismo.

Por último, apesar de apetecer ficar a rebolar pelo sofá, em vez de diminuir a prática da actividade física neste período, devemos intensificá-la depois das festas. É que os efeitos no organismo e no peso serão visíveis.

A palavra de ordem é equilíbrio – exagera-se aqui, reduz-se acolá. Boas festas para todos!

 

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.