Ainda há bilhetes para Fausto em Coimbra

É uma oportunidade única, tanto que esgotou recentemente duas das mais conceituadas salas do país. Fausto Bordalo Dias, apologista da música e cultura em português, propôs-se a revisitar os discos que compõem a sua trilogia sobre a Diáspora Lusitana. Por este rio acima (1982, a partir da Peregrinação de Fernão Mendes Pinto), Crónicas da Terra Ardente (1994) e Em Busca das Montanhas Azuis (2011) são uma referência incontornável da música popular portuguesa, que agora regressam a palco na voz do criador.
.
Para quem não conhece, Fausto compõe cada álbum de originais como quem conta uma história, da primeira à última canção e, dizem os admiradores, que cada um dos discos devia ser escutado de guião em punho, como quem vai à ópera.
.
A título de curiosidade, o autor de temas célebres como Navegar, Navegar nasceu nada mais nada menos do que a bordo do navio Pátria, em viagem entre Portugal e Angola. Vencedor do Prémio Revelação com o álbum de estreia Fausto (1970), e próximo de nomes como José AfonsoAdriano Correia de OliveiraManuel Freire e Luís Cília, em 2009 partilhou o palco com Sérgio Godinho e José Mário Branco nos 4 concertos memoráveis do projecto Três Cantos, do qual resultou um disco ao vivo. 
.
.
Ainda há bilhetes para ver Fausto Bordalo Dias em Coimbra, mas poucos, por isso apressem-se e bom concerto!
.
.
.
.
5 JANEIRO | 21H | TRILOGIA – FAUSTO BORDALO DIAS
Grande Auditório – Convento de São Francisco, Coimbra
Bilhetes: 14€ a 20€ (descontos estudante; maiores de 65 anos; grupos a partir de 10 pessoas)
Contactos: 239 857 191 | bilheteira@coimbraconvento.pt

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.