O presente perfeito é o presente

Lara LimaLara Lima
Directora BmQ, Terapeuta e Coach
lara@bmqbylaralima.com

 

 

A época do Natal é das épocas mais controversas do ano e um grande espelho da Vida, onde na maior parte das vezes valorizamos o que não interessa esquecendo o verdadeiro espírito dela. Natal é celebrar o nascimento. Seja qual for a religião, a tradição ou a época, o Natal remete para uma celebração que evoca o nascimento por isso bora lá Malta a entrar no espírito natalício e renascer, conhecendo e reconhecendo a nossa natureza que é bela como é.

Conhecer o Ayurveda torna a vida mais descomplicada, inclusive quando se trata de fazer a lista das prendas de Natal, primeiro porque sabendo quem somos já não nos frustramos pelos nossos comportamentos padronizados na esperança de este ano ser diferente; depois porque na eventualidade de querermos de facto fazer algo diferente, já sabemos quem somos e quais os nossos desafios, por isso podemos agir previamente para alterar o que desejamos mudar. Esta consciência já é uma prenda bestial, não acham?

Quanto aos outros, se conhecemos o Ayurveda e quem vai receber as prendas, sabemos de imediato adequar o nosso mimo ao gosto de quem o vai receber, afinal é muito mais agradável quando nos dão uma prenda ao nosso gosto em vez do gosto da pessoa que oferece.

Aqui vão então os diferentes perfis de quem dá:

PESSOA KAPHA

Adora esta época do ano. Começa a viver o Natal ainda em Novembro e tem nele a desculpa perfeita para os jantares e almoços de Natal, não falhando a um e ficando decepcionada se não incluir troca de prendas. Dá mimos a toda a gente e as suas prendas são sempre sinónimo de conforto (peluches, chocolates, fotos e bibelôs, por exemplo);

PESSOA PITA

Gosta do Natal, ainda que por vezes não pareça porque reclama dele: acha que é puro consumismo (se não tiver em situação financeira de oferecer as melhores prendas) ou pura desorganização (se não fizer parte da comissão organizadora dos jantares de Natal). A Pita faz sempre a lista das prendas por ordem alfabética ou cronológica dos beneficiários e organiza uma segunda lista por loja a visitar de acordo com a distância até casa, volume do presente e data dos saldos. Sabe exactamente o que cada pessoa quer, mas só dá o que ela própria define que a pessoa precisa. Entrega a prenda justificando a escolha;

PESSOA VATA

Já chegou o Natal? Quando foi? Não só não faz ideia do que oferecer como a quem oferecer. Compra na véspera e irrita-se consigo mesma nos primeiros 10 minutos de fila, que entretanto abandona porque decide ir ver outra coisa noutro lado. Chega ao Natal sem prendas e, se for mesmo necessário, oferece dinheiro ou cria uma justificação pela ausência dos embrulhos.

O que dar a quem recebe?

BENEFICIÁRIO KAPHA

Gosta de receber conforto (chocolate, comida temática, meias fofinhas, roupa confortável, peluches, fotos, bibelôs) ou perceber na prenda que a pessoa gosta realmente de si  – porque se lembra que no Natal passado referiu que o seu sonho era receber mais uma caixa para a sua colecção de caixinhas, por exemplo. Se quer fazer bem ao seu Kaphinha, ofereça-lhe um Udwartana, um Garsana ou um Swedana (terapias Ayuveda específicas para a saúde de Kapha), um mix de chocolate quente adequado às suas características que lhe proporcione conforto e terapia em simultâneo.

BENEFICIÁRIO PITA

Geralmente tem uma lista de desejos que, de forma clara e objectiva, torna de conhecimento público. É dessa lista que gosta de receber presentes e, como na farmácia, se escolherem o genérico vai receber olhar fulminante de desaprovação. No caso raro e excepcional de achar que pode surpreender um Pita com uma prenda fora da lista, convém perceber que tem de ser algo indiscutivelmente prático, fora de série e bom. Sugestão: um cabaz de especiarias DOC, um vale de uma experiência num local de referência, um livro;

BENEFICIÁRIO VATA

Não sabe o que quer e raramente sabe se gosta do que recebe. Mesmo que goste perde com facilidade, por isso a prenda ideal é uma experiência (para garantir que vai usufruir marque a data de usufruto para um curto período após o Natal). Vata vai beneficiar de uma terapia Abhyanga ou Shirodhara e precisa de nutrição, por isso qualquer óleo é uma excelente prenda. Açafrão, curcuma, cardamomo, funcho e assa fétida são as suas especiarias.

Surpreendam este Natal. Ofereçam presentes únicos e personalizadas, façam dele o melhor de sempre, até porque descobrir o verdadeiro sentido do Natal é viver e celebrar a Vida e a prenda perfeita. Troquem  a maratona para comprar presentes, onde a lista é interminável e nem sempre é fácil escolher a prenda ideal para oferecer a determinado amigo ou familiar, e ofereçam experiências que ajudem os que mais amam a celebrar a Vida.

 

 

 

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

CC
14.12.2018

❤️

Carolina
21.12.2018

Rio, choro, identifico-me e aprendo sempre com estes artigos.. obrigada!! E que 2019 traga muitos mais :)))