COOLTURA

13 (sim 13) sugestões culturais para quem estiver em Coimbra até Domingo

É uma semana animada em Coimbra, com teatro e música para todos os gostos em vários espaços da cidade

Está frio e chove, mas há tanta coisa a acontecer que não queremos acreditar que vão ficar em casa. Vão? Se quiserem ir aquecer esses corações com música ou teatro, ou até mesmo dar um pézinho de dança, fizemos aqui um apanhado do que se vai passar na cidade:

4ª FEIRA | 31 OUTUBRO

CINEMA: SESSÕES DO CARVÃO – CICLO OCINEMA FALADO

às 20h30 na Sala do Carvão (Casa das Caldeiras). Exibição do filme Lisboa, Crónica Anedótica (1930), de José Leitão de Barros, e conversa pós-filme com Tiago Baptista, Diretor do ANIM — Cinemateca Portuguesa. A entrada é livre .

38020795_2014244298606139_6076237331986120704_n.jpg

MÚSICA: DANÇAS OCULTAS
às 21h no Convento São Francisco. Em Junho deste ano, o quarteto Danças Ocultas viajou com as concertinas e aterrou no prestigiado The John F. Kennedy Center for the Performing Arts, nos Estados Unidos da América. No festival Misty FestJaques Morelenbaum e Dora Morelenbaum juntam-se a Artur Fernandes, Filipe Cal, Filipe Ricardo e Francisco Miguel. Se não conhecem, vale a pena ouvirem aqui e deixarem-se convencer.

TEATRO: A ELA NINGUÉM ESCAPA
às 21h no café Concerto do Convento São Francisco, espectáculo de Carlos Marques. Ela, a morte, está amplamente representada no repertório dos contos e lengalengas da tradição oral portuguesa aparecendo de diversas formas e assumindo diferentes funções. Este espectáculo nasceu dessa riqueza da literatura popular e desaguou num concerto desconcertante onde o riso atravessa todas as formas musicais. O resgate da memória coletiva e da reinvenção da mesma é um dos objetivos deste projeto. Por isso, o público que gostaríamos de ver na sala para assistir a este espetáculo é abrangente e intergeracional. É um espetáculo divertido que nos fala sobre os Velhos e a Morte. Recomendado para maiores de 6 anos. Os bilhetes custam 4€ (há descontos).

MÚSICA: TRIO CHAPIM 
às 22h30 no Liquidâmbar. O Trio Chapimé um grupo musical que se dedica à interpretação de música brasileira, em particular às canções clássicas das décadas de 60, 70 e 80. Abordam temas musicais atemporais que não só sobreviveram à passagem do tempo mas que se mantêm sempre inspiradores e surpreendentes a cada nova revisitação. O repertório abarca desde os ritmos suaves da Bossa Nova de Vinicius de Moraes e Tom Jobim, à liberdade criativa da Tropicália de Caetano Veloso e Gilberto Gil, passando por outros autores do panorama mais abrangente da MPB (Música Popular Brasileira) como Chico Buarque ou Edu Lobo. Neste concerto, propõem-se a percorrer também temas de Jorge Benjor, Os Mutantes, Tom Zé, entre outros.

 

5ª FEIRA | 1 NOVEMBRO 

TEATRO: LIQUID SHOW – FAMING ACID
às 21h43 no CITAC. Espetáculo contará com uma interpretação artística da Flaming Acid no seu próprio estilo de liquidshow, inspirado nos efeitos óticos desenvolvidos pelo cinematógrafo do filme original. Contará também com um acompanhamento musical desenvolvido pelos singulares Gonçalo Parreirão, Pedro Matos e Frederico Nunes.

MÚSICA: SCOTT MATHEW
às 21h no Convento São Francisco. Scott Matthew, apresenta o novo álbum, Ode to Others. Há duas décadas expatriado em Nova Iorque, o cantor australiano descobriu nos últimos anos uma espécie de segunda casa em Portugal, mercê da parceria com Rodrigo Leão que além de um par de momentos isolados na discografia do compositor português rendeu ainda o álbum Life is Long, de 2016, e várias e importantes apresentações ao vivo. O espectáculo está integrado no Festival Misty Fest.

1SCOTT-MATTHEW@MichaelMann-OTO-Q.SW-

MÚSICA: MATUTO (EUA)
às 22h no Salão Brazil e com entrada livre. Matuto nasce com o guitarrista Clay Ross e o acordeonista Rob Curto e oferece uma fusão única de blues, Latin Jazz, Appalachian bluegrass e forró. Ritmos sincopados da música brasileira e tradições folclóricas do sul dos Estados Unidos, juntos num encontro do Bluegrass com o Brasil. Este concerto é uma parceria entre a Embaixada do Estados Unidos da América e o Jazz ao Centro Clube / Salão Brazil.

6ª FEIRA | 2 NOVEMBRO

MÚSICA: ANNA VON HAUSSWOLFF
às 21h30 no Convento São Francisco. Anna von Hausswolff  apresenta Dead Magic, o mais recente e aclamado trabalho da artista sueca, nascida em Gotemburgo, apoia-se sobretudo nas texturas solenes e algo fúnebres do orgão, instrumento cuja sonoridade tanto o tornou em essencial recurso para os compositores que assinaram requiems como para os autores de bandas sonoras que escreveram peças para filmes de terror, Anna von Hausswolff conta ainda com a sua voz de soprano, que já lhe valeu comparações a Kate Bush, como uma das mais distintivas marcas da sua arte. É um espectáculo integrado no Festival Misty Fest.

MÚSICA: WAKO
às 22h no Salão Brazil. É um dos mais notáveis jovens grupos da cena jazzística nórdica, os Wako têm vindo a afirmar-se em vários palcos desde 2015. As suas colaborações com ensembles como Oslo Strings e com o mestre Arve Henriksen têm-lhes permitido ir ao encontro de um público vasto, que não se reduz ao seu país natal.

 

SÁBADO | 3 NOVEMBRO  

TEATRO: A VIDA É CURTA DEMAIS PARA PASSAR LENÇÓIS A FERRO
às 21H45 no espaço do Loucomotiva – Grupo de Teatro de Taveiro. Maria é mulher a dias. Num final de tarde que antecede a uma noite de passagem de ano decide acabar algumas tarefas numa das casas onde trabalha. A meio da tarde recebe um telefonema, da amiga com quem combinou passar a noite, desmarcando todo o programa. Sozinha e desolada, acaba por passar o “reveillon” nesta casa, cheia de luxos que não são os seus, cheia de particularidades que estão tão distantes da sua realidade, mas que despertam em si toda a curiosidade. Em forma de comédia, vamos sendo transportados para o mundo interior desta personagem, que é o reflexo de tantas mulheres deste país, ao mesmo tempo que nos perdemos em reflexões muito divertidas sobre a mulher, a sociedade, as diferenças sociais e, sobretudo, a vida. Custa 5€ (com descontos). 

 

MÚSICA: NOITE DE JAZZ – JOANA RODRIGUES COM CATARINA RODRIGUES
22H30 no Liquidâmbar. Uma viagem pelo laboratório criativo da intérprete e compositora Joana Rodrigues em colaboração com a pianista Catarina Rodrigues, parceria essa que surgiu em 2013 quando ambas estudavam no Conservatório de Música de Coimbra. Um concerto que promete uma bela noite de Jazz cheia de swing, bossa nova e muito Groove!

MÚSICA: BLUISH
às 22h no Salão Brazil. Bluish (fka Veer) apresentam On Our Own, o seu EP de estreia, numa noite DE canções etéreas que convidam a planar sobre as nuvens ou a imergir nas águas mais profundas ao som do teclado e guitarra. Estrearam-se há pouco mais de ano e meio. A recepção aos concertos inaugurais e recente digressão europeia colocara-nos num estado de graça, com muitos elogios. O EP conta com o primeiro single da banda, Mess, que podem ouvir aqui. Bilhetes: 6€.

DOMINGO | 4 NOVEMBRO 

MÚSICA: DEZ ANOS DE VIOLA BRAGUESA – B FACHADA 
às 22h no Salão Brazil. No Verão de 2008 fez-se o EP Viola Braguesa que podem ouvir aqui. Dotado das precariedades técnicas e artísticas que eram a matéria-prima da época, ainda assim foi um disco que lhe devolveu o amor que lhe pôs com a profissão que depois lhe coube professar nos anos seguintes. Ficaram as canções, que continuou a tocar, e ficou a viola braguesa propriamente dita, onde se fizeram mais uma dúzia delas; mas esse velho EP de 2008, editado no defunto formato bolsa-de-cartão-com-CD-R, foi se tornando…Demasiado inaudível. Ficou para a efeméride dos 10 anos regravá-lo de maneira a que amigos e parentes o pudessem desfrutar de novo. Desta vez na sua própria casa, partilhando o trabalho com a própria família, foi arranjando um lugar novo para as canções, somando-lhes a careca, a condescendência, e alguma da manha acumulada nestes 120 meses de azar. A edição digital está aqui bfachada.bandcamp.com. Os bilhetes para o concerto custam 10€.

43663405_10156594970229223_7026138141987700736_n

 

Pior é escolher. Bons espectáculos!

 

 

 

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.