O que é que a castanha tem? 5 receitas e 16 motivos para comerem

Aquele momento que nos faz realmente cair da real, encaixar que o Verão acabou e que não tarda é Natal, é quando vemos o primeiro vendedor ambulante de castanhas assadas na rua. Mas com ternura.

Sabiam que há várias boas razões para comer castanhas? Como com todos os outros frutos oleaginosos, devem ser consumidas com moderação mas incluí-las na alimentação traz muitos benefícios para a saúde.

As castanhas são uma excelente fonte de energia, mas apesar de isso se dever ao facto de serem uma boa fonte de glícidos ou os chamados hidratos de carbono, elas são capazes de nos saciar por bastante tempo. 

Mesmo para quem esteja de dieta, as castanhas são boas para comer entre refeições. Reunimos algumas informações e sugestões para experimentarem em casa.

Castanhas no forno

Pré-aquecer o forno a uns 200º, fazer um corte em cada uma, colocar numa forma rasa (com ou sem sal grosso) e se quiserem regar com um pouco de água. Assar durante 15 a 20 minutos.

Castanhas cozidas

Fazer um corte em cada uma, deitar em água a ferver por 5 a 10 minutos. No final descascar e se quiserem barrar com um pouco de manteiga a gosto.

As castanhas são uma boa fonte de fibras alimentares e, como contêm açúcares de digestão lenta, são um bom snack para diabéticos. Ricas em fósforo e vitamina B, os frutos ajudam a manter o cérebro e o sistema nervoso central em boas condições, e até são capazes de acalmar, aliviar o stress e até acabar com as insónias quando consumidas com regularidade – mas não comam mais de 15 num só dia, para não caírem mal no estômago. Há várias receitas com castanhas, aqui vão duas:

Medalhões de pescada com castanhas

Coloquem os medalhões de pescada num tabuleiro em papel de alumínio. Reguem com um fio de azeite e alecrim. Cortem as castanhas ou triturem-nas, coloquem-nas sobre os medalhões e levem a assar durante cerca de 20 minutos a 100 graus até ficar cozinhado.  Acompanhem com legumes variados.

Puré de batata doce e castanhas

Coloquem as castanhas a cozer juntamente com batatas doces e orégãos entre dez a 15 minutos. Verifiquem com um garfo para ver quando está cozido e retirem a água em excesso. Triturem tudo com a varinha mágica et voilà!

 

O fósforo nas castanhas é essencial para ter ossos e dentes fortes, e a lista continua. As castanhas contém bastante ferro, potássio e magnésio por isso podem prevenir doenças, sobretudo as cardiovasculares, porque as gorduras boas ajudam a aumentar o bom colesterol e a baixar o mau. As gorduras insaturadas actuam como antioxidantes, o que juntamente com a vitamina E e o selénio faz com que contribuam e muito para evitar o envelhecimento precoce da pele, protegem da acção dos radicais livres e o Ómega 6 ajuda a ter uma pele mais bonita e um cabelo mais saudável.

Sopa de castanhas 

Juntem uma cebola, um dente de alho, folhas de louro, um talo de aipo e uma pitada de sal e num tacho à parte cerca de 100g castanhas, uma courgete, um alho francês e o restante aipo e alho picado. Deixem alourar durante dez minutos e depois juntem os primeiros ingredientes. Deixem a cozer durante 30 minutos. Triturem tudo e sirvam com uma folha de salsa.

Cereja no topo do bolo: as castanhas contribuem para acabar com a gordura na região abdominal. Uma pequena porção antes das refeições e a silhueta tende a ficar cada vez mais delgada com o passar dos meses. Não há milagres, convém ter hábitos de vida saudáveis para funcionar. Não deixem de dar um passeio com um pacote quentinho comprado a um vendedor ou vendedora ambulante na rua. Sucesso garantido.

Texto: Filipa Queiroz
Fotos: Unsplash

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.