COOLTURA FESTIVAIS

Têm 4 bons filmes para ver no cinema até Domingo por 3,50€

Muita comédia e algum drama na 19ª edição da Festa do Cinema Francês no Teatro Académico de Gil Vicente

Abre oficialmente em Lisboa mas os filmes são exibidos em 10 cidades.  Coimbra é a 2ª cidade que mais frequenta a Festa do Cinema Francês a seguir à capital, por isso toca a manter o legado e vão até ao Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), ainda têm estes 4 filmes recentes e premiados para ver até Domingo:

SEXTA-FEIRA | 19 OUTUBRO | 21H30 | PLAIRE, AIMER ET COURIR VITE (2017)

PLAIRE_AIMER4-620x407.jpg
Este que é o mais recente filme do realizador Christophe Honoré. Vincent Lacoste e Pierre Deladonchamps são os protagonistas desta história de um amor de Verão passada nos anos 1990 entre o jovem estudante Arthur, com 20 anos, e Jacques, um escritor que vive em Paris com o filho. Honoré é autor de livros como Tout Contre Léo, que aborda temas tabu como a sida e a homoparentalidade, estreou-se no cinema com 17 Fois Cécile Cassard em 2001 e depois vieram Dans Paris (2006), Les Chansons d’Amour (2007), La Belle Personne (2008) e Les Biens-Aimés, todos com o seu actor fétiche Louis Garrel. Este Plaire, Aimer et Courir Vite passou pela Competição Oficial do Festival de Cannes este ano e o crítico português João Lopes assegura que foi um dos melhores.

SÁBADO | 20 OUTUBRO | 21H30 | NOS BATAILLES (2018)

Nos-batailles_2.jpg

Esta comédia dramática franco-belga (2018), de Guillaume Senez, também passou no Festival de Cannes e trata Olivier, um homem que se esforça para combater as injustiças dentro da empresa onde trabalha. Mas quando a mulher Laura decide sair de casa sem avisar, tem de conciliar a educação das crianças, a vida familiar e a actividade profissional e encontrar um novo equilíbrio diante das novas responsabilidades. Segundo a crítica é um retrato tocante sobre a família e o estado social.

DOMINGO | 21 OUTUBRO | 17H | DE TOUTES MES FORCES (2016)

443206.jpg
É outra comédia dramática, de Chad Chenouga. Conta a história de Nassim, um dos melhores alunos de uma grande escola parisiense que parece tão despreocupado quanto os amigos mas ninguém imagina que, na realidade, ele acabou de perder a mãe e sai da escola todos os dias para um centro de acolhimento. Apesar da benevolência da directora, recusa-se a ser comparado aos jovens desse centro e, como um equilibrista, navega entre duas vidas que não se devem encontrar a todo custo. Este filme é inspirado na vida do próprio realizador, filho de pai desconhecido e colocado num centro de acolhimento após a morte da mãe ainda adolescente. Já inspirou outro filme, 17, Rue Bleue (2001).

DOMINGO | 21 OUTUBRO | 21H30 | DIANE A LES ÉPAULES (2017)

DIANE-A-LES-EPAULES5-620x349.jpg

É o último filme desta Festa do Cinema Francês em Coimbra, de Fabien Gorgeart. Mais uma comédia, agora com Clotilde Hesme, Fabrizio Rongione, Thomas Suire e Grégory Montel. A história de Diane que concorda em dar à luz o filho de Thomas e Jacques, seus melhores amigos, mas logo nessas circunstâncias, dificilmente ideais, se apaixona por Fabrice. O realizador premiado já trabalhou com Razvan Radulescu, um dos mestres do Novo Cinema Romeno (autor do argumento de A Morte de Dante Lazarescu), umas das suas principais referências. Começou a escrever o argumento para este filme há 5 anos mesmo para a actriz Clotilde Hesme, que conheceu nessa altura, e é a sua primeira longa-metragem.

A 19.ª edição da Festa do Cinema Francês é organizada pelo Institut Français du Portugal e a Embaixada de França, em colaboração com a rede das Alliances Françaises.

Bons filmes!

19, 20, 21 OUTUBRO | FESTA DO CINEMA FRANCÊS
Teatro Académico de Gil Vicente – Praça da República, Coimbra
Preço: 3,5€ (3€ para < 25, > 65 e 1€ para Alliance Française)
Bilhetes online aqui e na bilheteira do TAGV

One comment

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.