COOLTURA FESTIVAIS

Não se surpreendam se virem jazz no autocarro

Uma das iniciativas do Jazz ao Centro este ano é surpreender os passageiros dos transportes públicos com mini-concertos, mas vai haver muito mais no festival de 17 a 27 de Outubro

Como se costuma dizer se Maomé não vai à Montanha, a Montanha vai a Maomé, por isso nos dias 13, 15 e 16 é possível que entrem no autocarro e assistam a um mini-concerto jazz! É uma das formas de o Jazz ao Centro levar o género musical a públicos diferentes, que é como quem diz a quem normalmente não ouve jazz ou não conhece o estilo, e pode até gostar sem saber. Mas a iniciativa Próxima paragem: Jazz, em parceria com os SMTUC e a Câmara Municipal de Coimbra, é só a ponta do icebergue.

Os Encontros Internacionais de Jazz de Coimbra arrancam na quarta-feira, 17 de Outubro, com o concerto de Sylvie Courvoisier a Mary Halvorson, e acabam dia 27 com o projecto Corda Bamba a mostrar o que vale no Salão Brazil. Pelo meio, vai haver muitos concertos e actividades paralelas, algumas gratuitas, como esta dos autocarros e outras pelo centro histórico da cidade.

O Jazz ao Centro já é considerado um momento fundamental da programação cultural de Coimbra e da região, e este ano na 16ª edição volta a abraçar a riqueza da diversidade de abordagens ao género musical, onde cabem tradição mas também correntes mais exploratórias. Vai começar no Museu Nacional Machado de Castro e vai até aos Colégios da Rua da Sofia, passando pelo Convento de São Francisco e, claro, o Salão Brazil.

Ficam em baixo com a programação completa e alguns vídeos, sendo que os destaques vão para o trio de Carla Bley, com Steve Swallow e Andy Sheppard, e o projeto internacional de Mário Laginha com Julian Argüelles e Helge Norbakken. Também vai ser apresentado um novo disco com o selo da JACC Records e estreado o projecto Cena Jovem Jazz.pt, desenhado para dar resposta às necessidades dos jovens músicos/compositores nacionais com menos de 25 anos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

PROGRAMA

17 OUT | 19H | SYLVIE COURVOISIER & MARY HALVORSON (EUA)
Museu Nacional Machado de Castro – Largo Dr. José Rodrigues
Bilhetes na BOL.pt e lojas parceiras
Preço: 8€ (6€ para estudantes)

Encontro entre duas notáveis instrumentistas, compositoras e improvisadoras. Sylvie Courvoisier mantém vários grupos em que é figura central como o seu trio (com Drew Gress e Kenny Woollesen) e o seu ensemble alargado. Paralelamente, participa em muitos projectos colaborativos, como o trio Mephista (com Ikue Mori e Susie Ibarra). Por sua vez, Mary Halvorson é, provavelmente, a guitarrista mais celebrada na actualidade, liderando vários projectos (trio, quinteto, septeto e octeto) e participando em ensembles de Anthony Braxton e John Zorn, por exemplo. Com Crop Circles, disco editado em 2017 e que foi alvo de uma recepção entusiástica, Sylvie e Mary cumpriram o desejo de partilhar um projecto em duo (com composições de ambas). Nesta ocasião, abrem a 16ª edição do Jazz ao Centro, em data única no nosso país, na atmosfera singular do Museu Nacional Machado de Castro.


18 OUT | 22H |  RODRIGO PINHEIRO / GABRIEL FERRANDINI / PEDRO SOUSA  
Salão Brazil – Largo do Poço, nº3, 1º Andar
Bilhetes na BOL.pt, lojas parceiras e, no próprio dia, na bilheteira do Salão Brazil
Preço: 7€ (5€ para estudantes)

No início deste século, Lisboa viu surgir uma comunidade de música improvisada reunida em torno da Clean Feed/Trem Azul, cujo espaço na Rua do Alecrim (entretanto desactivado) agregou muitos dos nomes que a influente revista WIRE (em Dezembro de 2017) agrupou sob a designação de New Lisbon Jazz Vanguard. Rodrigo Pinheiro (piano), Gabriel Ferrandini (bateria) e Pedro Sousa (saxofones) participaram na construção social desta comunidade, que tem exemplos perfeitos em grupos como o RED Trio, Motion Trio (de Rodrigo Amado) e a mais recente Lisbon Freedom Unit (que actuou na edição 2017 do JaC). Este trio, em particular, tem crescido após uma residência artística realizada na Casa da Cultura do Barreiro (organizada pela OUT.RA, em 2017) tendo ganho uma sonoridade própria que tem vindo a ser trabalhada em concertos.

19 OUT | 22H | ANDRÉ FERNANDES – CENTAURI
Salão Brazil – Largo do Poço, nº3, 1º Andar
Bilhetes na BOL.pt, lojas parceiras e, no próprio dia, na bilheteira do Salão Brazil
Preço: 7€ (5€ para estudantes)

Uma breve passagem pelos principais momentos da carreira de André Fernandes ao longo dos últimos 20 anos revela-nos um dos mais destacados músicos portugueses e um dos músicos merecedores de um reconhecimento mais amplo, embora o recolha, de forma unânime, junto dos pares e do público mais atento. Desde o disco de estreia, em 2002, lançado pela editora Tone of a Pitch (que fundou com Nelson Cascais e Nuno Ferreira) são vários os pontos altos na sua discografia, que a cada novo lançamento renova o entusiasmo abraçando novos territórios. O novo trabalho de Fernandes volta a mostrar desassossego e a cartografia das novas sonoridades faz-se sob a inspiração das estrelas. Centauri, nome do novo grupo do guitarrista, junta-o aos saxofonista João Mortágua e José Pedro Coelho, encontrando base sólida na secção rítmica formada por Francisco Brito e João Pereira. Contemplativa por vezes, para noutros momentos assumir a energia do rock (uma das principais influências de Fernandes), o disco Draco (Nischo, 2018) é o exemplo perfeito do actual estado de graça do Jazz feito em Portugal.

20 OUT | 22H |  LOKOMOTIV (PT) 
Salão Brazil – Largo do Poço, nº3, 1º Andar
Bilhetes na BOL.pt, lojas parceiras e, no próprio dia, na bilheteira do Salão Brazil
Preço: 8€ (6€ para estudantes)

20 anos depois, a locomotiva não perde força. A energia do projeto provém, sobretudo, do prazer que Carlos Barretto (contrabaixo), Mário Delgado (guitarra) e José Salgueiro (bateria) continuam a devotar em cada actuação. Com Gnosis, o seu novo disco, o trio continua a ser dos mais excitantes grupos ao vivo, mantendo sólidas raízes jazzísticas ao mesmo tempo que se alimenta de muitos outros interesses musicais. Três nomes fundamentais do Jazz português, numa noite que se prevê de celebração!

25 OUT |  22H |  FRAGOSO QUINTETO (PT/ESP)*
Salão Brazil – Largo do Poço, nº3, 1º Andar
Bilhetes na BOL.pt, lojas parceiras e, no próprio dia, na bilheteira do Salão Brazil
Preço: 7€ (5€ para estudantes)

A Cena Jovem Jazz.pt é um projeto do Jazz ao Centro Clube, desenvolvido a partir da jazz.pt. Resulta da necessidade de dar resposta aos principais desafios deste campo artístico em Portugal, nomeadamente aqueles que resultam da descoincidência entre a evolução impressionante da formação artística nos Cursos Profissionais e nas Escolas Superiores e a falta de oportunidades de desenvolvimento de projetos artísticos por parte de jovens músicos. A Cena Jovem Jazz.pt trabalhará várias dimensões, desde o apoio à criação até à internacionalização, passando pela circulação nacional. O 1º projeto a integrar a Cena Jovem é o quinteto liderado por João Fragoso, contrabaixista conimbricense recentemente saído da Escola Superior de Música de Lisboa, que tem participado numa pluralidade de projectos (do jazz à música de raíz tradicional) e que tem usado este quinteto como veículo para mostrar as suas composições. Serão esses temas que serão gravados em residência artística, a decorrer entre 22 e 25 de Outubro.

26 OUT | 17H30 – 23H59 | CENTRO HISTÓRICO DE COIMBRA (parceria com APBC – Noite Temática)
Entrada livre e gratuita, sujeita à lotação dos espaços

Colégio do Espírito Santo | 18H | Satélite Jazz
Apresentação final da oficina com o Clube Património da Escola Eugénio de Castro, orientada por Cheila Pereira. Apresentação final da oficina com alunos do Clube de Património da Escola Eugénio de Castro, que cruza a música com a história dos espaços da Rua da Sofia onde decorrerão os concertos da tarde.

Colégio da Graça | 18H45 | João Mórtágua Holi (PT)
João Mortágua – Saxofones, flauta, melódica, efeitos

João Mortágua apresenta o seu mais recente projeto a solo – HOLI – em que explora diferentes texturas a partir dos seus saxofones, flautas, voz e melódicas. Os delays e demais efeitos também marcam presença nesta viagem sónica, que parte da ideia holística de celebração das cores como veículo de descoberta do caminho para a libertação cósmica

Colégio de São Pedro | 19H30 | Paisiel (AL/PT)
Julis Gabriel – sax tenor e efeitos João Pais Filipe – bateria e percussão

Paisiel é o nome do projecto do baterista, percussionista e escultor sonoro João Pais Filipe e o do saxofonista alemão Julius Gabriel. Músicos heterodoxos e digressivos, movendo-se livremente entre a música experimental, o jazz, o rock e restantes declinações indecifráveis de novas categorias musicais, João Pais Filipe e Julius Gabriel criam música radiográfica que habita algures numa zona intermédia entre a recepção e a emissão de sinal, como uma central telefónica do cosmos.

Salão Brazil | 23H | Desidério Lázaro Moving (PT)

Desidério Lázaro – sax tenor e soprano Ricardo Pinheiro – guitarra elétrica e acústica António Quintino – contrabaixo e baixo elétrico Diogo Alexandre – bateria Desidério Lázaro, reconhecido saxofonista e tido como um dos melhores músicos de jazz português, regressa às gravações em nome próprio. Neste concerto, Desidério faz-se acompanhar pelos seus já cúmplices parceiros Ricardo Pinheiro nas guitarras, António Quintino nos baixos, e Diogo Alexandre na bateria.

26 OUT | 21H30 | CARLA BLEY TRIO (EUA)
Convento São Francisco – Avenida da Guarda Inglesa nº 1.A
Bilhetes na BOL e na bilheteira do Convento São Francisco
Horário de Funcionamento: diariamente entre as 15h00 e as 20h00
Contactos: 239 857 191 | bilheteira@coimbraconvento.pt
Preço: 10€ (8€ para menores de 12 anos, maiores de 65 anos e grupos a partir das 10 pessoas)

Quando falamos de jazz moderno para grandes ensembles, o nome de Carla Bley deveria estar entre os primeiros a ser nomeado. Mas Carla Bley não é somente responsável por uma incontornável escrita para big band, ela tem também dedicado tempo a formações mais reduzidas e é nesse contexto que surgiu, há mais de 20 anos, o trabalho com o baixista Steve Swallow e com o saxofonista Andy Sheppard. Os últimos anos desta parceria têm sido especialmente ricos. O trio gravou dois discos para a ECM, com produção de Manfred Eicher. O primeiro, intitulado Trios (2013) confirmou a ligação quase telepática entre os três músicos e teve uma ampla exposição ao público, também em concertos, durante quase dois anos. Em 2016, editaram Andando El Tiempo, que muda o enfoque das peças que Carla havia escrito para outros contextos, que confirmam que há algo de especial e misterioso na música deste trio. Algo que vai muito para além de qualquer descrição.

27 OUT | 21H30 | LAN TRIO (PT/GB/NO) 
Convento São Francisco – Avenida da Guarda Inglesa nº 1.A
Bilhetes na BOL e Bilheteira do Convento São Francisco
Horário de funcionamento: diariamente entre as 15h00 e as 20h00
Contactos: 239 857 191 | bilheteira@coimbraconvento.pt
Preço: 10€ (8€ para para menores de 12 anos, maiores de 65 anos e grupos a partir das 10 pessoas)

Grupo colaborativo, que reúne três vozes singulares do panorama jazzístico europeu O pianista português Mário Laginha, o saxofonista inglês Julian Argüelles e o percussionista norueguês Helge Norbakken editaram recentemente um disco intitulado “Setembro” e serão os temas desse trabalho que teremos a oportunidade de ver e ouvir no Grande Auditório do Convento São Francisco. Com raízes nas várias tradições dos seus membros, mas notoriamente moderna, a música de “Setembro” segue um ritmo subtil. Episódica, repleta de pequenos prazeres de exploração que espelha o modus operandi destes três grandes instrumentistas. Com Mário Laginha como o compositor da maioria dos temas, “Setembro “ é um álbum que explode com o calor e energia de um final de verão português, numa celebração daquilo que de melhor se faz no jazz europeu contemporâneo.

27 OUT | 23H |CORDA BAMBA + * Apresentação CD JACC Records
Salão Brazil  – Largo do Poço, nº3, 1º Andar
Bilhetes na BOL.pt, lojas parceiras e, no próprio dia, na bilheteira do Salão Brazil
Preço: 7€ (5€ para estudantes)

Projeto colaborativo que une dois músicos portugueses (Luís Vicente e Hugo Antunes), dois músicos britânicos (Alexander Hawkins e Roger Turner) e um músico norte-americano residente em Amesterdão (John Dikeman). O quinteto nasce de uma residência artística realizada no Salão Brazil, em Janeiro de 2017, e foi precisamente durante essa estadia de 4 meses em Coimbra que o grupo trabalhou e gravou os temas que constam do disco que é agora apresentado. É mais um exemplo do trabalho que a JACC Records tem vindo a desenvolver no sentido de aproximar músicos e colectivos em processo de franca afirmação no panorama europeu.

SERVIÇO EDUCATIVO JACC

13, 15, 16 OUT | PRÓXIMA PARAGEM: JAZZ
Vários locais

Mini-Concertos inusitados em autocarros, no que constitui uma aproximação a públicos diversos, muitos deles desconhecedores deste género musical. Uma parceria com os SMTUC.

27 OUT | 11H | MASTERCLASS MÁRIO LAGINHA / JULIAN ARGüELLES / HELGE NORBAKKEN 
Convento São Francisco

Momento de partilha de experiências por parte de três músicos com percursos muito distintos. Discute-se a música que os une, aquilo que move cada um na sua arte e o que os impele ao encontro criativo. A conversa, de ambiente que se pretende informal, não é somente dirigida a músicos e estudantes de música. Qualquer pessoa, independentemente do nível dos seus conhecimentos musicais, é bem vinda. Participação gratuita sujeita a inscrição prévia

26 e 27 OUT | BOCA DE INCÊNDIO
Convento São Francisco
Dia 26: 10h30 (Escolas)
Dia 27: 16h00 (Público em geral)
Participação gratuita sujeita a inscrição prévia

Uma produção do Serviço Educativo JACC Com Raquel Lima / Yaw Tembé / Sebastião Bergmann. Estreia absoluta do novo espetáculo do Serviço Educativo do Jazz ao Centro Clube, seguindo-se às criações O Jazz é Fixe! (2015) e Perder o Chão (2017). Desta feita, o espetáculo foi pensado tendo os jovens adolescentes em mente e a equipa artística é constituída por Raquel Lima (voz, interpretação), Yaw Tembé (voz, trompete, interpretação) e Sebastião Bergmann (percussão, interpretação).

17 – 27 OUT | JAZZ AO CENTRO
Jazz ao Centro Clube – Largo do Poço, nº3, 1º Andar, Coimbra
Facebook
Contactos: festival.jazzaocentro@gmail.com | 239 837078 | 91 3085648

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.