De 6ª a Domingo têm muito para ver e fazer no Convento e até podem levar os bebés

Sentem-se cómodos e leiam porque só precisam de escolher o que vos apetece ver ou fazer no próximo fim-de-semana com o Cem Portas – O Convento Aberto À Cidade. A maior parte dos espectáculos da programação de rentrée do Convento de São Francisco são gratuitos e alguns até são em espaços não convencionais, como a Praça das Bandeiras e da Caixa de Palco. 

Há coisas fixas que podem ver em qualquer um dos dias, 6ª, Sábado ou Domingo, como as instalações feitas no âmbito do projeto Dar a Ouvir. Paisagens Sonoras da Cidade, coorganizado pelo Serviço Educativo do Jazz ao Centro Clube e a Câmara Municipal de Coimbra/Convento São Francisco. Resono de Rui Pena, Darkless: The Black Hole, de Rudolfo Quintas, MS01 de Tiago Martins, Pedro Martins, João Bicker, Penousal Machado e Luís Antero, AL de Tiago Ângelo, Murmur de Daniel Lopes e Pedro Martins, e Présence de Rudolfo Quintas. Podem vê-las entre as 15h e as 20h, a entrada é livre.

De resto, por dias, têm:

SEXTA-FEIRA, 31 AGOSTO

Um concerto e uma performance. Às 19h, na Antiga Igreja, o espectáculo de percussão Water Transfiguration de João Tiago Dias, Luis Bittencourt, Pedro Oliveira, Rui Rodrigues. É uma improvisação que parte do elemento Água e pretende prestar homenagem à variedade de sons aquáticos e à capacidade da água para transcender fronteiras. Mais tarde, pelas 21h30, a coreógrafa Clara Andermatt e os compositores Jonas Runa e António Sá-Dantas apresentam Suspensão no Palco do Grande Auditório. O bilhete custa 5€.

SÁBADO, 1 SETEMBRO

Algo completamente diferente. Américo Rodrigues e César Prata fazem uma Introdução à Musicalidade do Trombone de Aboboreira, que é um antigo brinquedo vegetal que o poeta sonoro reinventou no disco Aorta Tocante. É uma oficina para descobrir potencialidades expressivas da voz, do pecíolo da aboboreira e de outros brinquedos vegetais-musicais-tradicionais. Vai ser na Sala Aeminium entre as 15h e as 18h. É para maiores de 6 anos e não se paga. Se quiserem, logo a seguir ainda podem ver na Praça do Resraurante a performance Um Pássaro Na Paisagem, de Cheila Pereira, Cláudio Vidal e Tiago Ângelo. À noite, Filipe Raposo musica, ao vivo, o filme Circo (1928) de Charles Chaplin. E se ficarem mais um bocadinho, às 23h há circo contemporâneo na Praça das Bandeiras!

DOMINGO, 2 DE SETEMBRO

Atenção pais, avós, tios ou amigos, porque têm onde levar os mais novos que, regra geral, madrugam. Paulo Lameiro apresenta o concerto para miúdos dos 0 aos 3 anos Bebés nos Sons da Paisagem na Antiga Igreja. É às 10h30 e também é gratuito. Da parte da tarde, desafiamo-vos a espreitar às 17h a performance sonora de João Ricardo que instrumenta de 20 cactos preparados e sonorizados, posicionados no Convento São Francisco em diversas posições e constelações; também o projecto sonoro Homo, de Filipe Silva, a dança La Salle Pas Perdus pela Sentidosilimitados na Praça do Restaurante às 19h45 e finalmente o concerto multimédia VELA 6911 de Victor Gama, com músicos da Orquestra Clássica do Centro. O último é pago, custa 5€ e é às 21h30 no Grande Auditório. 

O programa está todo aqui.

 

CEM PORTAS – O CONVENTO ABERTO À CIDADE!
Convento de São Francisco – Av. da Guarda Inglesa, Coimbra
Bilhetes e reservas: bilheteira@coimbraconvento.pt | 239 857 191 | Bilheteira das 15h às 20h

 

 

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.