Saal estreia este fim-de-semana e é uma oportunidade única de o ver na origem

A ideia é de Filipa Francisco que gosta de criar territórios de questionamento, possibilitar um acesso às artes em lugares improváveis, e que o trabalho espelhe o mundo real aprofundando as relações entre arte e vida. Depois de Rexistir, projecto de formação e criação com reclusos do Estabelecimento Prisional de Castelo Branco (2000-2007), e também Íman, A Viagem com grupos folclóricos (2012-2020), Força (2015) e Espiões (2016), a coreógrafa e performer aceitou o desafio da Rede Artéria, de que já falámos aqui, para criar um espetáculo nas salinas da Figueira da Foz.

Saal resulta de um mapeamento local, de encontros com o Município e vários agentes e, claro, de uma imersão nas salinas onde foram feitas intervenções de conservação da memória e da prática da produção do sal na terra. Filipa e equipa recolheram testemunhos de quem trabalhou e ainda trabalha o sal, integrou a comunidade e criou um espetáculo que transporta essas memórias numa viagem poética a um mundo desconhecido.

O espectáculo conta com a participação de Ana Ribeiro, António Vaz, Elias, Gilda, Lurdes Cavaleiro, Manuel Loureiro, Maria José, Ricardo A. Freitas, Susana Domingos Gaspar e Vítor Costa. Estreia esta 6ª, Sábado e Domingo em sessões únicas no Sport Clube de Lavos, sempre às 19h. Tem, como seria de esperar, lotação limitada por isso façam a vossa reserva enviando um email para mundoemrebolico@gmail.com ou liguem para 911 725 359.

A Câmara Municipal da Figueira da Foz disponibiliza um autocarro gratuito para transportar o público do centro da cidade para o Sport Club de Lavos. São 3 oportunidades únicas para ver o espectáculo no local onde foi criado, apesar de ele depois circular, como é política da Rede Artéria, por outros 3 municípios de concelhos da Região Centro.

Aproveitem!

 
17, 18 e 19 AGOSTO | 19H | SAAL 
Sport Clube de Lavos – Rua Sport Clube de Lavos, 19, Figueira da Foz
Reservas: mundoemrebolico@gmail.com | 911 725 359
Entrada Livre

 

 

 

 

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.