Dizem que correr está na moda

LUÍS MARQUESFOTO

Personal trainer

lmarques.personaltrainer@gmail.com

 

Ouvimos frequentemente que a corrida está na moda, que é um vício e que liberta o stress. Há mais gente a correr, existem muitas provas, temos pessoas a correr antes do sol nascer, pessoas a correr quando muitas já estão a dormir e alguns passaram de sedentários a maratonistas.

Ao mesmo tempo, como passamos a vida a correr ficamos sem tempo para a corrida ou para o exercício físico – e a meta, muitas vezes, acaba por ser o sofá.

Porque corremos? Nascemos para correr e para nos movimentarmos: é simples, natural, desafiante e gratificante. Exige pouco equipamento, pode ser em qualquer local e a qualquer hora, individualmente ou em grupo, por atletas ou sedentários, é gratuito e faz-nossentir livres. Praticada de uma forma regular, melhora a condição cardiorrespiratória, fortalece os ossos, músculos e articulações, regula a pressão arterial, ajuda no controlo de peso e reforça o sistema imunitário.

A cada minuto ou cada quilómetro a motivação aumenta, a sensação de bem-estar proporcionada pela libertação de endorfinas é maior, o stress e a ansiedade diminuem e, os benefícios para o cérebro e para a saúde aumentam. Através da corrida podem conhecer cidades e serras, ruas e trilhos, enquanto fazem amizades, superam os vossos limites e ganham energia para enfrentar os desafios do dia a dia.

Se não conseguem correr, não se preocupem: comecem por fazer caminhadas regulares de 30 a 60 minutos. A seguir caminhem 5 ou 10 minutos e depois vão alternando 2-3 minutos de caminhada com 2-3 minutos de corrida até fazerem 30 minutos. Vão aumentando gradualmente o tempo de corrida e diminuindo o de caminhada até conseguirem os 30 minutos seguidos.

Na fase seguinte podem pensar em realizar 5km e definir os 10km como objectivo. A partir daqui é necessária uma preparação mais específica. Como correr não é só correr, é importante fazer aquecimento, alongamentos e exercícios de fortalecimento muscular, para prevenir lesões e evoluir em segurança.

Podem correr em qualquer local, mas numa fase inicial, devem correr em plano, num piso mais suave (menos duro) e regular, em zonas seguras, sem trânsito e de preferência em espaços agradáveis.

Em Coimbra, o Parque Verde, a Mata do Choupal, o Vale das Flores e o percurso da Quinta da Portela podem ser locais bons para começar. Para quem é mais experiente e pretende desafiar-se mais, pode explorar as diversas zonas da cidade – por exemplo: subir e descer pelas ruas da Alta de Coimbra, ir até à Mata de Vale de Canas e descobrir os seus vários trilhos ou ir até Santa Clara, subir e desfrutar das vistas para a torre da Universidade e para o Mondego.

O mais importante é organizarem-se para correrem menos no dia a dia e menos para o sofá, de modo a que tenham mais tempo para correrem (ou caminharem) mais no lazer e ao ar livre. Se não for uma atividade que vos motive e proporcione prazer e bem-estar, felizmente, há muito para fazer e por onde escolher.

Bons treinos!

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.