COOLTURA PASSEIOS

Como se visitar as Aldeias do Xisto não bastasse, agora juntem-lhes jazz

São 27 e estão dispersas por 21 municípios da região Centro. Têm vestígios dos tempos pré-históricos, achados arqueológicos do período neolítico ou bronze, vestígios romanos, bárbaros, árabes e medievais. Mas apesar disto tudo, as deliciosas Aldeias do Xisto atravessaram um período de desertificação e abandono em meados do século 20, quando as populações partiram em busca de melhores oportunidades.

Hoje há um repovoamento e renovação das comunidades, e passam pela dinamização artística. Uma delas é o XJazz – Encontros do Jazz nas Aldeias do Xisto e a edição deste ano já começou, mas ainda vão a tempo de ver muita coisa! O ciclo promovido pelo Jazz ao Centro Clube e pela Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto (ADXTUR) vai ter 4 concertos e 1 residência artística.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pedro Melo Alves foi convidado a imergir na realidade da Aldeia das Dez durante a primeira quinzena de Agosto, cruzando identidade cultural e paisagens com as artes sonoras. O compositor portuense, vencedor do Prémio de Composição Bernardo Sassetti e autor de trabalhos para teatro e dança, como Jungle Red apresentado recentemente no festival Sons da Cidade, vai trabalhar em composições que depois vão fazer parte de trabalhos futuros, e no dia 11 de Agosto apresenta um solo de bateria e percussão.

11 AGOSTO
Pedro Melo Alves
Aldeia das Dez | 1h15 de carro desde Coimbra | Google Maps

No dia 14 de Julho os franceses Roberto Negro e Émile Parisien actuam na aldeia Sobral de São Miguel. Os dois jovens músicos são dos mais celebrados ao nível europeu actualmente, de Negro dizem que é um pianista habitado pela poesia (in Telerama) e o saxofonista Parisien surge como a mais prometedora esperança do jazz dos últimos tempos no Le Monde. Ambos pretendem ser veículos de uma música sem fronteiras, que recolhe influências eruditas e tradicionais, cuja colaboração tem cerca de 3 anos numa cumplicidade e energia que tornam os concertos um festim também para olhos, segundo a organização.

14 JULHO
ROBERTO NEGRO + ÉMILE PARISIEN
Sobral de São Miguel | 1h51 de carro desde Coimbra | Google Maps

Em Agosto, a Casa das Artes de Miranda do Corvo recebe o Synesthesia Sextet, um ensemble de jovens instrumentistas do Conservatório de Música de Coimbra que arrebataram o prémio de melhor combo atribuído na 16ª Festa do Jazz, Março de 2018.

18 AGOSTO
Synesthesia Sextet
Casa Das Artes de Miranda do Corvo | 26m de carro desde Coimbra| Google Maps

A temporada termina na Aldeia de Gondramaz com as guitarras dos irmãos Bruno e André Santos. O projecto Mano a Mano está integrado na 13ª edição dos Serões de Verão de Gondramaz. Descrito como um embarque numa viagem de rara sensibilidade e empatia em palco, onde a linguagem é não só virtuosamente musical, mas também física e emocional. 

1 SETEMBRO
Bruno Santos + André Santos
Gondramaz | 36m de carro desde Coimbra | Google Maps

Apontem as datas na agenda e se quiserem aproveitar comecem a planear uma estadia, têm tudo aqui.

 

ENCONTROS DO JAZZ NAS ALDEIAS DO XISTO 
Vários locais
Contactos: info@aldeiasdoxisto.pt | (+351) 275 647 700 / (+351) 960 101 873
xjazz.contact@gmail.com (+351) 239837078 / (+351) 913085648

 

 

 

 

One comment

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.