Uma viagem e uma questão do bom senso e bom gosto

A nossa sugestão para Sábado é um roteiro que parte do Parque Manuel Braga, passa pelo Luso e inclui uma caminhada na Mata do Bussaco. As inscrições terminam já no dia 12 (quinta-feira). Querem saber mais?

Existem várias maneiras de viajar, no entanto, uma viagem é sempre um movimento que implica sair de um sítio para chegar a outro.

O programa idealizado pelas Viagens Literárias inclui um conjunto de diversas experiências e sensações, num dia dedicado à vida e obra do escritor Antero de Quental. Integrada no programa da 10ª edição do Festival das Artes, é uma viagem que vai acolher leituras, comes e bebes, natureza e património.

As actividades iniciam-se às 10h30, com a recepção dos viajantes no Parque Manuel Braga, junto ao busto de Antero Quental, onde os participantes vão receber o Jornal da Viagem. Segue-se a viagem para o Luso e uma conversa com António Pedro Pita sobre a passagem de Antero de Quental por Coimbra e sobre a Questão Coimbrã. Dali, o conjunto de exploradores literários vai ser transportado até à Mata do Bussaco onde, depois de um almoço/piquenique, vão fazer um passeio com guia da Fundação Mata do Bussaco. A chegada a Coimbra está prevista para as 19h12. Em vários momentos, ao longo do percurso, serão lidos textos de Antero de Quental por actores da Bonifrates (Ana Paula Santos, Cristina Janicas, João Paulo Janicas, José Manuel Carvalho e Rui Damasceno).

O programa completo pode ser consultado na página do evento.

Existe um pequeno livro de Eça de Queiroz (Coimbra de Antero, ed. Alma Azul) que descreve a personalidade e conta episódios da vida do seu amigo Antero de Quental em Coimbra, desde o seu encontro com ele numa noite nas escadarias da Sé Nova, passando pela questão coimbrã, célebre querela com o professor Castilho, e saída da cidade.

Um desses episódios realça a sua capacidade atlética e descreve o modo como Antero de Quental marchava léguas, em rijas caminhadas que se alongavam até à mata do Bussaco onde desaparecia, se embrenhava sozinho.

Dá que pensar: que tempos eram esses, em que se caminhava de Coimbra ao Bussaco? Por que motivo hoje a distância entre os dois locais parece ter aumentado e muitas vezes ter-se tornado num muro difícil de transpor?

14 JULHO | 10H30-19H30 | VIAGEM LITERÁRIA ANTERO DE QUENTAL 

Bilhetes: 15€/pessoa / 10€/desempregados e menores de 12 anos (inclui almoço e viagem de comboio e autocarro) – Pagamento através de transferência bancária para PT50 0023 0000 4551 3309 7649 4 (Carlos Campos)

Inscrições (obrigatórias e limitadas, até 12 de Julho): viagensliterarias.pt@gmail.com (envio do nome completo, data de nascimento, número de identificação fiscal, contacto e o comprovativo de pagamento por e-mail)

Contactos: 964 137 284

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.