ECO FIT PASSEIOS

Coimbra by bike? Vá lá, não custa (quase) nada

Imaginem só: cabelos ao vento, aquele prazer de desenferrujarem cada músculozinho do corpo sem fazerem grande esforço, descobrirem recantos da cidade nos quais nunca tinham reparado, terem a sensação de voltarem a ser crianças e pensar: “Uau, sou fixe”. É assim andar de bicicleta. Então…do que é que estão à espera?

Há um ano que é possível alugar bicicletas em Coimbra, por 5 a 30€ por dia, com ou sem acompanhamento personalizado à maneira, e independentemente da forma física. A By Bike entrega e recolhe as bicicletas gratuitamente – caso seja dentro da cidade -, e também tem preços especiais para grupos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quando Fábio Fernandes era pequeno, não havia um fim-de-semana, fizesse chuva ou fizesse sol, que não saísse com os pais para passear de bicicleta. Às vezes sou aquele maluquinho, mas já estou habituado, e insisto que Coimbra É uma cidade onde se pode pedalar. Até a Câmara Municipal de Coimbra já concorda e está a contribuir com cada vez mais ciclovias. O fundador da By Bike, arqueólogo de formação, atropela-se a falar de tantos que são os bons argumentos para conhecer a cidade a pedalar, e foi por isso que criou a empresa que oferece a locais e visitantes uma oportunidade de passear ou explorar Coimbra e arredores de forma alternativa. Com ou sem ele como guia.

Aproveitando o gosto pessoal pensei: há uma forma muito mais engraçada de conhecer a cidade. Quando sou turista quero é conhecer histórias, conhecer os sítios, conhecer as pessoas, o Google hoje em dia faz quase tudo por isso interessa-me explicar o resto, explica Fábio. Há 3 percursos à escolha: Coimbra UNESCO pelo património classificado, com cerca de 2h30; Coimbra By Night, com o mesmo tempo, um percurso nocturno pelas principais ruas da cidade; e Coimbra Baixo Mondego, de 4 horas, ao longo do curso do rio, seus campos e a Vila de Pereira.

O do património, por exemplo, acaba por me dar muito gozo porque os clientes ficam super contentes, por eu ser um profissional de Arqueologia e História a falar sobre a minha cidade, diz Fábio. Conhecem as escadas monumentais, certo? Certo. Mas sabem a história das escadas monumentais? Sabem para que serviam? O que simbolizavam? É uma das histórias que Fábio conta. É muito engraçado criar uma história, uma narrativa, mas depois vem a componente técnica também. Fábio diz que o truque é fazer várias paragens, afinal nem toda a gente tem a mesma estaleca. Mas não há problema: podem optar por bicicletas normais ou eléctricas.

Querem melhor? Os mais resistentes vão até Montemor- o-Velho e sem ser pela estrada. Atrevam-se! E se quiserem contem-nos como foi.

BY BIKE
Contactos: Facebook | bybikecoimbra@gmail.com | 919 080 216

 

 

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.