Vejam um documentário sobre voluntariado e quem sabe se inspiram

Todos os dias tenta criar condições para que cada pessoa com deficiência mental ou em situação de exclusão possa atingir a sua plenitude como ser humano e social. Todos os dias tenta potenciar a individualidade dessas pessoas e consolidar a participação efectiva deles na sociedade. Todos os dias, há 49 anos.
 .
Estamos a falar da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM), a organização de referência nacional e internacional, dinâmica e dinamizadora, centrada na promoção da qualidade de vida da pessoa com deficiência e incapacidades, em parceria activa com agentes sociais, económicos, culturais e políticos. Uma associação que tenta garantir a sustentabilidade financeira através de uma gestão eficiente dos recursos e apostando na inovação e no empreendedorismo social, valorizando as capacidades da pessoa com deficiência. Exemplo disso é, por exemplo, a Casa de Chá do Jardim da Sereia.
 .
Para celebrar os 49 anos, dia 29 de Junho, a APPACDM vai organizar um evento gratuito e aberto ao público centrado no tema do voluntariado. Vai ser pelas 18 horas no Coimbra Business School – ISCAC (Auditório Marques Almeida), e inclui a exibição do documentário Voluntariado: Tocar Vidas e uma Mesa Redonda para debater o modo como se faz voluntariado não só na APPACDM de Coimbra, mas noutras instituições como o ISCAC, AAC, entre outros.
 .

Este é o trailer do documentário:

 .
O voluntariado é uma valência importante da APPACDM em Coimbra que junta utentes, colaboradores e pessoas vindas de fora que, sentido-se tocadas pela missão da instituição, ajudam a mudar vidas.
 .

O evento vai contar ainda com a participação dos Formandos do Centro de Formação Profissional Casa Branca, vertente Empregado de Mesa e Bar e Cozinha, que vão servir Sobremesas e Salgados.

 .
29 JULHO | 18H | VOLUNTARIADO: TOCAR VIDAS
Coimbra Business School – ISCAC (Auditório Marques Almeida)

Informações: 918 441 141

 

Deixa-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.