PASSEIOS

Era uma vez um Buçaco de encantar

Temos a sorte de viver num país incrível e, por vezes, tropeçamos no fim-de-semana e ficamos sem ideias sobre o que fazer. A nossa proposta podia só existir num conto de fadas mas está mesmo aqui ao lado, no extremo Noroeste da Serra do Bussaco, no concelho da Mealhada. Vamos explorar a Mata Nacional do Buçaco?

É um local altamente fotogénico? Sim, sem dúvida. A Mata ocupa cerca de 105 hectares e é uma das matas nacionais mais ricas em património natural, arquitectónico e cultural.

Podem escolher deambular sem destino definido ou fazer, até ao fim, um dos trilhos indicados e que têm níveis de dificuldade e durações diferentes: o Trilho da Água (2h), que nos conduz por lagos e fontes, entre as quais a Fonte Fria; o Trilho Floresta Relíquia (2h), que promete uma viagem num bosque denso e único, quase puro; o Trilho Militar (3h), que nos transporta no tempo para a Batalha do Bussaco, integrada na última das invasões napoleónicas (1810-1811), e que foi um exemplo de táctica defensiva em contexto militar; e o Trilho Via-Sacra (3h), que é uma caminhada que pretende representar os Passos da Paixão de Jesus Cristo, assinalados por capelas mandadas construir pelo Bispo de Coimbra, D.João de Melo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

No final dos passeios ou se procuram um sítio para uma pausa, podem passar pela Esplanada da Mata que oferece refeições ligeiras e snacks (tostas, hamburguer, sandes, entre outros), em plena floresta.

Se pensarem em ficar a dormir na Mata, têm duas opções: o Palace do Bussaco ou as Casas do Bussaco.

O Palace Hotel do Bussaco é uma edifício de estilo neomanuelino, construído entre 1888 e 1907. O autor do projecto é Luigi Manini, também responsável pela conhecida Quinta da Regaleira, em Sintra. Este hotel é um verdadeiro palácio real: imponente, com uma escadaria grandiosa, mobilado e decorado com várias obras de arte, magníficos frescos, valiosos quadros e fantásticos painéis de azulejos, da autoria dos maiores mestres portugueses do séc. XIX. Por outras palavras: é de cortar a respiração.

A Fundação Mata do Bussaco (FMB) iniciou a recuperação das antigas casas dos guardas florestais que são agora casas de alojamento. As Casas do Bussaco são a solução para descansar em plena Natureza. Com capacidade para entre 4 a 9 pessoas, e com valores que oscilam entre os 85€ e os 120€, por noite (e por casa!), em época alta, são abrigos simples mas bonitos naquele espaço mágico.

Se quiserem ir preparando a visita, podem consultar o mapa da Mata. Levem roupa e calçado confortáveis e preparem-se para um dia simples e deslumbrante.

 

MATA NACIONAL DO BUÇACO

Todos os dias: 8h30-17h30

Bilhetes: sem ser a pé, a entrada na mata é paga (mota: 2€, carros até 5 lugares: 5€, veículos ligeiros com mais de 5 lugares: 7€). Crianças até 6 anos: gratuito, dos 7 aos 12 anos: 1€ e, a partir dos 12 anos: 2€.

Informações: 231 937 000

One comment

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.