COMES & BEBES COOLTURA

Querem saber como gerir os impulsos alimentares?

É tão fácil: abrir o frigorífico ou a despensa, passar num supermercado ou naquele sítio que vende aquelas coisas tão boas – e enchemos a barriga com a desculpa que era mesmo aquilo que precisávamos.

Escolham uma ou várias hipóteses: a semana de trabalho foi pesada, os filhos não páram quietos um segundo, andam preocupados com a saúde – a vossa ou a dos vossos mais queridos -, estão numa fase de mudanças (de casa, de emprego, de cidade), sofreram uma perda. Quem se refugia na comida?

Temos uma sugestão que vos pode ajudar: o workshop Gerir os impulsos alimentares, que vai ter lugar n’O Refúgio Zen, no dia 19 de Maio, pretende ajudar com estratégias práticas e simples para gerir adequadamente os impulsos e as emoções que nos levam a comer em excesso e/ou alimentos calóricos.

Pensada para homens e mulheres, a formação promete uma tarde diferente de desenvolvimento pessoal e alimentar para que, no dia-a-dia, de uma forma simples, todos consigamos alcançar um estilo de vida saudável.

A sessão será orientada pela Dr.ª Dulce Siva, fundadora do Projecto Dulce Silva – Psicologia da Boa Forma, Psicóloga Clínica, formada pela Universidade de Coimbra em Psicologia Clínica e da Saúde, com vasta prática profissional em Clínica privada no âmbito da especialidade Psicologia Clínica e formadora Certificada, com muita experiência na realização de formações sobre temas relacionados com a dificuldade em perder e manter um peso saudável, alimentação emocional e compulsão alimentar,  auto-estima e auto-confiança, assertividade, gestão do stress e ansiedade.

19 MAIO | 15H-19H | WORKSHOP GERIR OS IMPULSOS ALIMENTARES

O Refúgio ZEN – R. Bernardo de Albuquerque, 25, Coimbra

Inscrições: Até 12 de Maio – 25€ / 24€ (inscrição de 2 ou mais pessoas ou estudantes); após 12 de Maio – 26€ / 25€ (inscrição de 2 ou mais pessoas ou estudantes). Vagas limitadas

Contactos: 919 644 619, info@dulcesilvapsicologa.pt

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.